sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Coronel Tadeu mostra marcha de policiais pela saída de João Doria e conclama: ‘Ele não pode mais ficar na política’


Policiais militares e civis fizeram uma manifestação contra o governador do estado de São Paulo, João Doria. O deputado federal Coronel Tadeu acompanhou a manifestação e explicou que os policiais pedem aumento dos salários e cobram promessas feitas pelo governador e não cumpridas. Os policiais fizeram uma impressionante passeata e marcharam pelas ruas de São Paulo pedindo “fora, Doria”. 

O deputado pediu: “Não vote mais no PSDB. Não vote mais no João Doria de jeito nenhum. Não sei se ele vem para reeleição ou para presidente, mas temos de ter consciência de que ele não pode mais ficar na política. Ele já desgraçou a vida de muita gente. Farei campanha contra ele. Ele só pensa nele, nos negócios dele. Um político assim não pode conduzir a nossa vida. Ele criou mais 10 praças de pedágio em São Paulo. O povo já não tem mais dinheiro para nada e ele vem colocar mais nas nossas costas”.

O direito à propriedade e o respeito à livre iniciativa têm sido relativizados no Brasil. Para uma “classe” de cidadãos, caracterizados pela velha imprensa como “bolsonaristas”, as garantias e direitos fundamentais estão suspensos. Em CPIs e em inquéritos conduzidos nas cortes superiores, cidadãos e empresas ficam sujeitos a quebras de sigilo, devassas, prisões políticas, buscas e apreensões, e confiscos. As investigações se originam de “relatórios”, “matérias” e “reportagens” produzidos pela concorrência, que são tomados como verdadeiros sem questionamento, assim como depoimentos de testemunhas suspeitas. 

Toda a renda da Folha Política, assim como de outras pessoas e empresas conservadores, está sendo confiscada, a mando do ministro Luís Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral, em decisão monocrática em um inquérito administrativo. Segundo a velha imprensa, que participa ativamente dos inquéritos e CPIs, a intenção é impedir o funcionamento das empresas ao privá-las de suas fontes de renda. A decisão de Salomão foi elogiada pelo presidente da corte, Luís Roberto Barroso, que é também ministro do STF. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a impedir que o jornal seja fechado, doe qualquer valor pelo Pix. Você pode usar o QR Code que está visível na tela, ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando para você os fatos da política brasileira, fazendo a cobertura dos três poderes, e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...