domingo, 3 de outubro de 2021

Fracasso das manifestações da esquerda gera questionamentos sobre velha imprensa e pesquisas


A tentativa de manifestação das esquerdas, que reuniu mais de 20 partidos, além de sindicatos e “movimentos”, gerou comentários nas redes sociais. A baixa adesão foi notada, e foi motivo de chacota por cidadãos. 

A deputada federal Carla Zambelli ironizou: 

- Trio elétrico de luxo: 100 mil reais

- Pão com mortadela: 8 reais

- Bandeira da CUT: 60 reais

- Camiseta “Fora Bolsonaro”: 30 reais

- Passar vergonha com o fiasco em rede nacional: NÃO TEM PREÇO!

O tenente Mosart Aragão, assessor do presidente Jair Bolsonaro, mostrou filmagens comparando manifestações pró e contra o chefe de Estado. Mosart comentou: “Avenida Paulista 07/09/2021. Avenida Paulista 02/10/21. Fiasco total, e ainda contrataram um trio elétrico de luxo por 100 mil reais”.

O deputado estadual Anderson Moraes brincou: “Ria com moderação, do fracasso, fiasco, MINIfestação da esquerda”.

O jornalista Luiz Carvalho avaliou: “Hoje é dia de mais um fiasco da esquerda. Já virou freguesa da vergonha alheia”.

Bárbara, do Canal Te Atualizei, pontuou: “Lotado de fracasso. Piada do dia: Ganha no primeiro turno”. Ela acrescentou: “Oposição, obrigada por mostrar que as pesquisas mentem e que a mídia tem que fazer um xadrez 10D pra justificar que "apesar de estar vazio, todo mundo vai votar no Lula". Meu mais sincero agradecimento. #FiascoGigante”

O deputado estadual Tenente Nascimento questionou: “As redes já estão usando termos como MINIfestação, fracasso e fiasco para definir os atos contra Bolsonaro, as imagens comprovam isso, uma dúvida fica no ar, como o presidente da república tem uma rejeição tão alta, segundo os institutos, com ruas lotadas a favor e vazias contra?”.

A deputada estadual Valéria Bolsonaro ressaltou: “Vários partidos unidos pra grande manifestação de hoje, a imprensa ajudou muito anunciando o maior trio elétrico para abrilhantar a festa e …..FRACASSO TOTAL!!!! Mais uma vez fracassou e vai fracassar quantas vezes vcs tentarem, não tem terceira nem quarta via. É Bolsonaro 2022!”.

O deputado federal Coronel Tadeu mostrou imagens feitas pelo helicóptero da Polícia Militar de São Paulo e disse: “Contra imagens não há argumentos e essas são imagens da Polícia Militar de São Paulo, acompanhando a manifestação de hoje com dois helicópteros. Era tudo isso contra o Bolsonaro?”

Kim D. Paim avaliou: 

FRACASSO

-3 meses organizando

-21 partidos políticos envolvidos

-Ajuda de toda imprensa nacional

-Pix para alugar trio

-Participação de presidenciáveis...

E mesmo assim o LULA está passando vergonha.

A jornalista Fernanda Salles analisou: “O fracasso das manifestações da esquerda demonstra que eles têm pouco poder de mobilização nas ruas, mas poder praticamente total dentro das instituições brasileiras”.

O deputado estadual Gil Diniz ridicularizou: “De longe parece que não tem ninguém e de perto não parece mais, aí temos certeza do fiasco!”.

A jornalista e servidora federal Sarita Coelho observou: “Nem com toda a dita "grande imprensa" ajudando na convocação... Que fiasco!”

O perfil FamíliaDireitaBrasil disse: “O fiasco da minifestação Fora Bolsonaro em Brasília. Grande dia. Deixe aqui sua risada. Nem a GloboNews consegue esconder o óbvio: tem mais chão do que gente, na frente da Igreja da Candelária no Rio de Janeiro. Esta é a maior manifestação contra o presidente, até o momento”.

Henrique Olliveira, cofundador do Movimento Brasil Conservador, mostrou imagens compartilhadas pela Polícia Militar de São Paulo e disse: “Imagens AÉREAS da PM de São Paulo mostram o fiasco da Esquerda na PAULISTA. Faltou um telescópio no helicóptero pra gente conseguir enxergar o povo.As manifestações da Esquerda foram um fiasco. Elas só nos mostram o óbvio, que o povo tem lado. MAS não se enganem. Essa gentalha não enche as ruas, mas encheram toda a máquina estatal e controlam o país. E não será fácil limpar essa sujeira...”.

A advogada Raquel Stasiaki ironizou a cobertura feita pela rede Globo: “Natuza Nery da GloboNews: "Oposição a Bolsonaro é muito maior do que se vê" kkkkkkk Pois é, pois o que se vê é quase nada, aliás ví um bando de sindicalistas e um cachorro atrás”

O jornalista Vinicius Mariano disse: “O fiasco das manifestações contra Bolsonaro comprova: não existe militante de esquerda grátis. Se não der pão com mortadela, não tem militância”.

O perfil Che Capitalista ironizou: “As manifestações contra o Presidente Bolsonaro estão gigantes... UM FRACASSO GIGANTE! Que fiasco....”

O jornalista Silvio Navarro sugeriu: “Premissa básica do jornalismo: não brigue com os fatos. Não tinha gente na passeata do Lula (aliás, nem ele foi)”.

O perfil Fernando Bolsomito perguntou: “Qual melhor definição para as manifestações de hoje ? Fracasso, fiasco ou MINIfestação ?”

O ativista Horacio Hudson disse: “Enorme manifestação contra Bolsonaro no Rio. Pense num mico grande !!!”

O perfil De Sousa fez uma “enquete” irônica:

 Em quais eventos cotidianos tem mais gente do que nas mini-festações da esquerda? 

• Batida de carro

• Fila para comprar pão

• Vizinhas fofocando

• Jogos de dominó na praça

• Bingo de igreja

• Chá revelação

Que fiasco

O advogado Eduardo Soares perguntou: “Então quer dizer que as BRIGADAS VERMELHAS, com um trio elétrico de 100 mil reais e vigiados pela polícia, foram pras ruas hoje (2 de outubro) pedir “fora Bolsonaro”?! É isso mesmo produção?! E o resultado – pra surpresa de ninguém – foi mais um redundante fracasso! Nem Lula foi!”

O investidor Leandro Ruschel relatou: “A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo estimou 8 mil manifestantes na Paulista, hoje”. 

O jornalista Rafael Fontana observou: “Manifestações de rua confirmam: Lula é popular só no DataFolha”.

O perfil Isentões ironizou: “Se nós, a robozada, começarmos agora a organização de uma manifestação para amanhã às 13h, certamente conseguiríamos mais adeptos do que as últimas duas minifestinhas contra o 'bozo'. Hilário”.

A cidadã Vanessa Navarro sugeriu: “Veja o lado bom da MINIfestação da esquerda: Após essa sequência de fracasso e fiasco, eles terão vergonha de sair às ruas novamente”

O perfil LaurinhaOpressora disse: “Legal a manifestação de hoje. Só faltou combinar com o povo”.

O cidadão Luiz Cortez apontou: “Manifestação da esquerda mesmo com caminhão de trio elétrico de luxo é um fracasso! E o fracasso foi em todas as capitais! A esquerda derreteu!”

O internauta Abmir Aljeus disse: “Ei, esquerdalha! O dia que vocês conseguirem juntar um público 10% desse, que se reuniu em Brasília dia 7 de setembro, SEM partido, nem sindicato, nem apoio da imprensa, aí a gente conversa. Enquanto isso, só damos boas gargalhadas”.

A cidadã Erika Moura questionou: “Todo mundo junto contra Bolsonaro? PT, PDT e PSDB juntos hoje. E no RJ já foi um FIASCO! E eles querem mesmo que acreditemos que o candidato que não enche nem um quarteirão ganha no 1 turno? Só na fraude escancarada”.

Há quase 10 anos, a Folha Política atua noticiando fatos, discursos, argumentos e denúncias que são obliteradas pela velha imprensa. Nosso veículo de imprensa dá voz às vozes conservadoras, ao anticomunismo, à defesa dos direitos fundamentais e da liberdade de expressão e de imprensa, além de trazer ao público os vídeos dos pronunciamentos de autoridades para que o público possa formar sua própria opinião sobre o que foi dito e não precise depender de relatos de terceiros. 

Quem controla a informação controla, em última instância, a realidade. Grupos monopolísticos e cartéis que se associam com o intuito de barrar informações contrárias ou inconvenientes atuam em conluio com a finalidade de aniquilar qualquer mídia independente, eliminando o contraditório e a possibilidade de um debate público amplo, honesto, abrangendo todos os feixes e singularidades dos mais diversos feixes políticos. Controlando as informações, o cartel midiático brasileiro tenta excluir do debate e, em última instância, da vida pública, os conservadores e os veículos que dão voz a essas pessoas. 

A renda da Folha Política está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, com respaldo e apoio de Luís Roberto Barroso, ministro do STF e presidente do TSE. A decisão confisca, de forma indiscriminada, todas as receitas advindas do Youtube, indicando claramente que a intenção não é a de excluir conteúdos específicos, mas sim de calar o canal e eliminar a empresa. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando a realidade da política brasileira e quebrando barreiras do monopólio da informação. Com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...