sábado, 27 de novembro de 2021

Bolsonaro faz pronunciamento contundente em evento do Exército e manda recado: 'Não ousem roubar nossa liberdade'


O presidente Jair Bolsonaro discursou durante a Solenidade de Entrega de Espadas aos Novos Aspirantes, na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ). O presidente lembrou seus tempos na Academia: “Povo do Brasil, povo este ao qual eu devo lealdade, bom dia. É um dia de festa, de comemoração, e de recordar os quatro anos que vocês passaram nesta casa. Até hoje, guardo os ensinamentos que aqui aprendi. Em momentos difíceis na frente da Presidência, vejo o que passei por aqui e me conforto: aqui foi mais difícil. Quem passou por isso sabe o que é a dificuldade, o que é ter um amigo e precisar dele, bem como ajudar quem está ao seu lado”

O presidente enfatizou a cooperação e a gratidão. Bolsonaro disse: “Sabe o que é lealdade, humildade, disciplina e uma coisa importante que não se pode esquecer jamais: gratidão. Não fazemos nada sozinhos. Sempre tem alguém nos ajudando. Um pai, um amigo, um tio, um companheiro. Sem gratidão, não chegaremos a lugar nenhum. Quem esquece o seu passado está condenado a não ter futuro”. Bolsonaro prosseguiu: “Aqui, lembramos de Caxias, um garantidor da integridade de nosso país. Um exemplo para todos nós. Quem fará o futuro de nossa pátria não será um homem ou uma mulher. Seremos todos nós: 210 milhões de habitantes. Hoje é um dia de superação”.

Bolsonaro pediu aos novos formados que usem a formação na construção de um país melhor. Ele disse: “Quem tem garra, determinação, força de vontade, coragem e fé atinge seus objetivos. Espero que todos aqui sejam muito felizes para as mais variadas missões que terão pela frente nos mais variados locais desse imenso Brasil. Orgulho e satisfação em servir à Pátria. Não tem erro. Orgulho de nosso Exército Brasileiro. Essa formação nos fará vencer obstáculos. O que for possível, nós faremos. O que não for, entregaremos nas mãos de Deus. Ele existe, Ele nos salva. Ele, dia a dia, nos dá exemplo de superação. Lembremos do que acontece nos países vizinhos, no mundo. Vamos aprender com os erros dos outros”.

O presidente enfatizou a responsabilidade das Forças Armadas na defesa da liberdade do povo. Bolsonaro disse: “Vamos fazer a nossa parte. Vocês, cadetes, têm uma enorme responsabilidade. Mais até do que defender a vida de nossos cidadãos, defender a nossa democracia e a nossa liberdade. Juramos dar a vida pela Pátria. Esse juramento está muito vivo. Não ousem roubar a nossa liberdade. Estamos prontos para defendê-la. Nós, militares, juramos defender a nossa Constituição. Nós atingiremos o nosso objetivo: o bem-estar de nossa população. Muito obrigado por existirem. Deus, Pátria, Família!”.

Para muitos cidadãos, a liberdade está sob ameaça. Até mesmo a liberdade de culto está sendo restringida no Brasil, assim como diversas outras liberdades, em especial a liberdade de expressão. Cidadãos e empresas são perseguidos em inquéritos secretos e sofrem com medidas abusivas como prisões, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais, e até mesmo confisco de propriedade. 

A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que é também presidente do TSE. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...