segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Deputada Bia Kicis desabafa após restrições de Moraes, do STF, contra Daniel Silveira: ‘Vai mudar quando a gente tiver um Senado firme e corajoso’


Em pronunciamento ao vivo, a deputada federal Bia Kicis comentou a libertação do deputado Daniel Silveira e as medidas restritivas impostas por Alexandre de Moraes, ministro do STF, que mantém o deputado sob censura e o proibiu de conceder entrevistas, entre outras medidas cautelares. 

A parlamentar relatou: “O ministro Alexandre de Moraes decidiu revogar a prisão do deputado Daniel Silveira. Ele revogou, ‘pero no mucho’. Fiquei feliz de Daniel sair da cadeia, ele estava em estado de penúria, sofrendo. Sua mãe havia feito apelos, sua esposa, também. Ao mesmo tempo, ele não teve a sua liberdade completa para poder, inclusive, ecoar a sua voz de parlamentar, de representante do povo. Ele saiu da cadeia, mas não pode usar as redes sociais”

Outrossim, Bia Kicis avaliou: “É uma meia-liberdade. É melhor do que estar preso, evidentemente, mas a gente espera que essa decisão seja revista para que o Daniel possa exercitar plenamente o seu mandato. Hoje, as redes são mais do que só uma plataforma na internet. São uma extensão do plenário, do Congresso. Aqui, a gente fala diretamente com os nossos eleitores, com a sociedade. Fica o meu apelo e a minha torcida para que essa situação seja revertida”.

A deputada considerou que a censura e a perseguição a conservadores é ruim para a democracia. Bia Kicis disse: “Desequilibra o jogo eleitoral, ocorre em detrimento da democracia. Isso vai mudar quando a gente tiver um Senado mais firme, mais conservador e mais corajoso”. Ademais, a congressista abordou projeto de lei voltado a coibir o constrangimento ilegal contra cidadãos que expressam suas opiniões.

Muitos brasileiros estão vivendo sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A censura atinge inclusive parlamentares no exercício do mandato a eles conferido pela população em eleições democráticas. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo do presidente da corte, Luís Roberto Barroso, que é também ministro do STF.

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há quase 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...