terça-feira, 2 de novembro de 2021

General Heleno e ministros de Bolsonaro concedem entrevista na Itália: Liberdade e democracia


O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional - GSI -, general Augusto Heleno, concedeu uma entrevista ao acompanhar o presidente Jair Bolsonaro no decorrer de uma homenagem feita pelos italianos ao Brasil. A homenagem ocorreu em um monumento existente em Pistoia, em homenagem aos pracinhas brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial ao lado dos italianos. 

O general pontuou: “Este local se tornou, para nós, um local histórico. Enterramos, aqui, 465 pracinhas. Foram heróis da Segunda Guerra Mundial. A participação brasileira foi de relevância extraordinária, para a qual não damos a relevância necessária. Fica provado aqui o sacrifício dos brasileiros. Tivemos uma missão importantíssima: fizemos recuar as tropas alemãs. Tivemos a missão de vencê-las, abrindo uma nova frente para os aliados”.

Nesta toada, Heleno complementou: “Nossa participação fez, do Brasil, um real participante da Segunda Guerra Mundial. Uma tropa altamente aguerrida, preparada e com feitos emocionantes”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pronunciou-se no que diz respeito a metas do Governo Bolsonaro para a imunização da população. O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, por seu turno, aventou as principais pautas da viagem do presidente Jair Bolsonaro e o andamento de negociações no que concerne ao G20, à OCDE e à COP 26. França asseverou: "Reverenciamos a memória desses quase 500 pracinhas que lutaram pela liberdade, pela democracia. O presidente Jair Bolsonaro destaca seu compromisso com a liberdade, com a vida”.

Empresários e cidadãos brasileiros estão sofrendo perseguição política por apoiarem o presidente Jair Bolsonaro ou por defenderem valores conservadores. Com uma “canetada”, o ministro Luís Felipe Salomão,  do Tribunal Superior Eleitoral, confiscou a renda de sites e canais conservadores, com o apoio e respaldo do presidente da casa, Luís Roberto Barroso, que é também ministro do STF. 

Toda a renda da Folha Política está sendo confiscada em consequência dessa decisão, que se aplica indiscriminadamente a todos os conteúdos produzidos pelo jornal e afeta inclusive a renda de vídeos antigos. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando a realidade da política brasileira e enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer o controle da informação. Com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...