quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Bia Kicis faz forte desabafo sobre perseguição: ‘maior insegurança jurídica que eu já vi na minha vida’


Em sua live semanal, a deputada federal Bia Kicis fez um forte desabafo sobre a censura e perseguição sofridas pelos conservadores atualmente no Brasil. No início da live, a deputada explicou que uma de suas redes estava bloqueada. A deputada lamentou: “nós estamos num momento em que não se pode questionar”. 

Bia Kicis prosseguiu: “É proibido questionar, é proibido falar qualquer coisa diferente do que querem que você fale. E, mesmo sem cometer crime, você se torna um criminoso. E crime não é só aquele que está previsto em lei, mais, não. Crime é aquilo que juízes, ministros, plataformas, donos da verdade, checadores de fatos resolverem que é. Então, esse é o momento que a gente vive, da maior insegurança jurídica que eu já vi na minha vida”. A deputada afirmou: “E eu vou falar. Enquanto eu tiver voz, eu vou falar”. 

A deputada também comparou o tratamento jurídico dado a criminosos e a conservadores, apontando que, enquanto pessoas condenadas por crimes graves são soltas, “prendem e calam as pessoas que cometem crime de opinião, que não existe”.

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais e influenciadores censurados. A Folha Política teve toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo do ministro Luís Roberto Barroso. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas.

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há quase 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...