sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Bolsonaro e ministros anunciam 'surpresa' para músicos do Nordeste e Gilson Machado rebate velha mídia


O ministro do Turismo, Gilson Machado, comemorou a declaração do forró como patrimônio imaterial do Brasil. Na cerimônia de assinatura de contratos de 9 novas ferrovias, o ministro apontou os impressionantes avanços do governo Bolsonaro e disse: “gratidão de fazer parte de um governo que vai deixar um legado”.

O ministro lembrou uma ocasião em que uma repórter de uma grande emissora o questionou, antes do leilão dos aeroportos, sobre a conveniência de fazer o leilão. Machado disse: “o otimista pode até errar, mas o pessimista já começa todo errado.

Esse bicho aqui quebrou os três martelos. Conseguimos vender as concessões por 18 vezes o valor. Cadê a repórter para perguntar de novo? Nós somos, sim, a maior oportunidade de investimentos do mundo para investimentos no período pós-pandemia. E o cavalo está passando selado na frente do mundo todo”. 

Gilson Machado lembrou que todas as obras feitas pelo governo são financiadas pelos cidadãos. O ministro disse: “e nós estamos priorizando o pagador de imposto, estamos priorizando o cidadão brasileiro. E nós estamos recuperando dia após dia a auto-estima desse cidadão, com obras como essas, que vão deixar um legado no nosso país”.

Ao final do discurso, o ministro anunciou a decretação do forró como patrimônio nacional e disse: “no governo do presidente Bolsonaro. Quantos governos passaram aí e ninguém decretou, em trinta anos?”. 

A liberdade, no Brasil, está sob ameaça, assim como a propriedade privada, em consequência do ativismo judicial de alguns membros do Judiciário. A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que é também presidente do TSE. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org

Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...