domingo, 12 de dezembro de 2021

Bolsonaro faz ‘pedido especial’ aos cidadãos e recomenda vídeo sobre Moro, Dallagnol e seu partido


O presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo, na manhã deste domingo, em que faz um pedido aos cidadãos. Bolsonaro disse: “eu quero fazer um pedido todo especial neste domingo, como nunca fiz na vida. Aí tem um link. É um vídeo feito pelo Kim Paim, de aproximadamente 1 hora. Você tem que assistir e repassar. O que está ali, entre outras coisas? O jogo do poder, de forma documentada”. 

O presidente acrescentou: “Em grande parte, sabia eu de tudo aquilo, que eu vivia. No momento, eu era o presidente e tinha as informações que precisava. Obviamente, não tinha como agir naquele momento”. 

Bolsonaro relembrou um episódio em que o ex-procurador Deltan Dallagnol o procurou, próximo da indicação do Procurador-Geral da República. O presidente relatou que não atendeu o ex-procurador e disse: “se eu tivesse dado audiência para ele, com toda a certeza, eu não ia indicá-lo para a PGR, mas ele iria sair com uma história pronta, como eles faziam por ocasião de alguns depoimentos, por ocasião da Lava Jato: escrevia o depoimento e chamava o cara para assinar. E ia falar o quê? Que eu tinha feito uma proposta indecorosa para ele. Para salvar um amigo, um parente. Então, como ele não aceitou, Deltan Dallagnol, ia me acusar do quê? De parcial”. 

O presidente pediu aos cidadãos que vejam o vídeo e disse: “Para você entender de vez o que eu passo, a minha função e o que querem para o nosso Brasil”.  No vídeo recomendado pelo presidente, o youtuber Kim Paim mostra relações entre o atual partido de Moro e Dallagnol e investigados pela Lava Jato, além de mostrar indícios de que políticos daquele partido, como o senador Álvaro Dias, foram protegidos pela força-tarefa e pelo ex-juiz. O youtuber afirma que a força-tarefa da Lava Jato já tinha um projeto político.

A renda de jornais, sites e canais conservadores, entre eles a Folha Política, está sendo confiscada desde 1º de julho, a mando do ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Felipe Salomão, para inviabilizar o jornalismo conservador independente. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a impedir o fechamento do jornal, doe qualquer valor pelo Pix, usando o código ajude@folhapolitica.org ou o QR code visível na tela. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição do vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há quase 10 anos, a Folha Política faz a cobertura dos fatos da política brasileira e dá voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...