sábado, 11 de dezembro de 2021

Bolsonaro rebate jornalistas em coletiva de imprensa, acusa hipocrisia e aponta perseguições à liberdade de expressão


O presidente Jair Bolsonaro concedeu uma coletiva à velha imprensa enquanto se encontrava na Marinha, quando falou sobre a catástrofe que atingiu o sul da Bahia e norte de Minas. O presidente afirmou que o governo e o Exército estão prontos a colaborar, precisando apenas que os prefeitos e governadores façam as solicitações. O presidente afirmou: “Zema é parceiro, é aliado, devo falar com ele daqui a pouco; o governador da Bahia não entrou em contato ainda”.

O presidente Bolsonaro, o ministro da Defesa, general Braga Netto, e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, explicaram como serão as ações para a assistência dos cidadãos atingidos. 

Bolsonaro fez ainda um apelo aos repórteres: “gostaria que tivesse um trabalho melhor por parte de vocês para cumprir dispositivos constitucionais e garantir o direito de expressão, que é muito atacado no Brasil. Isso, é comum que quem ataque é o poder executivo. Aqui, é exatamente o contrário: é o poder executivo que luta por democracia e por liberdade de expressão”.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso do ministro Luís Roberto Barroso, que também é ministro do STF.

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...