segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Janaína Paschoal questiona cancelamento ‘suspeito’ de CPI na Alesp: ‘É essa chapa estranhíssima, estapafúrdia, Lula-Alckmin?’


Da tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo, a jurista Janaína Paschoal questionou decisão da presidência da Alesp que anulou duas Comissões Parlamentares de Inquérito que já estavam instaladas, uma das quais investigaria fatos relativos ao governo de Geraldo Alckmin. Janaína apontou: “Eu estranhei demais a decisão, porque não consigo encontrar no Regimento um dispositivo que dê guarida a essa decisão”.

Janaína Paschoal lembrou que a CPI foi solicitada pelo Partido dos Trabalhadores e questionou os motivos para o cancelamento. A deputada questionou: “É essa chapa estranhíssima, estapafúrdia, entre o presidenciável Lula, do PT, e agora o vice-presidenciável Alckmin?”. Janaína apontou: “o requerimento da Dersa foi encabeçado pelo PT. Mas, como o governo Alckmin está no centro da investigação e agora vai ter uma chapa Lula-Alckmin, pode não ser mais interessante”.

O avanço constante e crescente de medidas restritivas arbitrárias impostas por governadores e prefeitos a pretexto de combater a pandemia é um dos sinais de que, no Brasil, os cidadãos não vivem em uma democracia. 

Para um grupo de pessoas e empresas, a tirania ganha contornos de implacável perseguição política e ideológica, e esse grupo “marcado” vem sendo perseguido com medidas arbitrárias, como prisões políticas, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais e confiscos. 

A Folha Política, que já teve todos os seus equipamentos apreendidos a mando de Alexandre de Moraes, atualmente tem toda a sua renda confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em decisão aplaudida pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, presidente do TSE. Segundo a velha imprensa, que participa ativamente dos inquéritos, a intenção é impedir o funcionamento da empresa, privando-a de sua fonte de renda. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a impedir o fechamento do jornal, doe qualquer valor pelo Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático e trazendo os fatos da política brasileira. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...