terça-feira, 28 de dezembro de 2021

Ministro Tarcísio diz que 2021 foi ‘um ano para ficar para a história’ e 2022 terá ‘avalanche de recursos vindo para o Brasil’


O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, concedeu uma entrevista ao programa A Voz do Brasil, onde fez uma retrospectiva do ano de 2021 e falou sobre as expectativas para 2022. Segundo o ministro, o ano de 2021 foi “um ano para ficar na história”, e, “o ano de 22 vai chegar na mesma linha, com obras entregues, e com muito investimento contratado”. O ministro enfatizou que já existe a contratação de bilhões em investimentos que vão se tornar obras. 

O ministro Tarcísio falou sobre o programa pró-trilhos, explicando que, com uma série de novas concessões, renovações antecipadas de concessões existentes, e autorizações ferroviárias, o programa vai provocar o maior avanço nesse segmento nos últimos 100 anos.

O ministro explicou que o desenvolvimento do modo ferroviário aumenta a sustentabilidade da matriz de transportes brasileira, ao mesmo tempo em que oferece grandes ganhos em eficiência com redução de custos, e afirmou: “o custo Brasil deve cair 35%”.

O ministro Tarcísio explicou ainda que o programa de infraestrutura conseguiu atrair a atenção de investidores estrangeiros e afirmou: “a gente vai ter uma avalanche de recursos vindo para o Brasil”.  

O avanço constante e crescente de medidas restritivas arbitrárias impostas por governadores e prefeitos a pretexto de combater a pandemia é um dos sinais de que, no Brasil, os cidadãos não vivem em uma democracia. 

Para um grupo de pessoas e empresas, a tirania ganha contornos de implacável perseguição política e ideológica, e esse grupo “marcado” vem sendo perseguido com medidas arbitrárias, como prisões políticas, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais e confiscos. 

A Folha Política, que já teve todos os seus equipamentos apreendidos a mando de Alexandre de Moraes, atualmente tem toda a sua renda confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em decisão aplaudida pelo ministro Luís Roberto Barroso, do STF, presidente do TSE. Segundo a velha imprensa, que participa ativamente dos inquéritos, a intenção é impedir o funcionamento da empresa, privando-a de sua fonte de renda. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a impedir o fechamento do jornal, doe qualquer valor pelo Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático e trazendo os fatos da política brasileira. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...