quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Senador Luiz do Carmo aponta como população está perdendo respeito pelo STF ao sabatinar Mendonça e faz pedido: ‘não invente. O Supremo está inventando muita coisa, muita’


Durante a sabatina do indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para o Supremo Tribunal Federal, o senador Luiz do Carmo rebateu críticas direcionadas ao candidato por sua religião e afirmou que votaria tranquilamente pela aprovação do nome de André Mendonça. O senador fez um pedido ao candidato, caso seja aprovado: que respeite a separação entre os poderes, devolvendo ao Congresso as questões que forem atribuição dos legisladores. 

O senador Luiz do Carmo disse: “Não inventa. O Supremo está inventando muita coisa, muita. Hoje o Supremo não é um Poder bem visto pela população porque está querendo mandar muito. Está querendo fazer coisa que não é do Poder deles”.

O senador acrescentou: “Você foi sabatinado, foi aprovado, mas você tem que cumprir a Constituição Federal. Só isto. E deixa os Poderes independentes, deixa o Executivo fazer a parte dele, nós aqui, e vocês fazem a parte de vocês. Esse é o meu pedido”. 

A liberdade, no Brasil, está sob ameaça, assim como a propriedade privada, em consequência do ativismo judicial de alguns membros do Judiciário. A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que é também presidente do TSE. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org

Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...