terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Bolsonaro e ministra comemora recorde de exportação de frutas em 2021


O presidente Jair Bolsonaro divulgou, pelas redes sociais, um vídeo em que a ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina, parabeniza os fruticultores pelo recorde em exportações obtido em 2021. Bolsonaro disse: 

“O Brasil alcançou RECORDE HISTÓRICO de exportação de frutas em 2021. Isso gera EMPREGO E RENDA para os nossos produtores rurais e para o país. 

No ano, as exportações brasileiras de frutas foram superiores tanto em volume quanto em receita. O faturamento superou US$ 1,21 bilhão, sendo 20,39% acima do computado até dezembro de 2020. O volume total de frutas frescas enviadas ao exterior foi de 1,24 milhão de toneladas, superior em 18,13% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Dentre as frutas mais exportadas em 2021 estão: mangas, melões, uvas, nozes, castanhas, limões e limas. As exportações das frutas nacionais em 2021 tiveram como principais destinos a União Europeia, os Estados Unidos, o Reino Unido, a Argentina e o Canadá”.

A Constituição Brasileira, em seu primeiro artigo, afirma que os fundamentos da República são: a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, e o pluralismo político. No entanto, para um grupo de pessoas, esses fundamentos parecem ser relativizados, ou cancelados. 

A Folha Política, assim como outros jornais, sites e canais conservadores, foi alvo de inquéritos do ministro Alexandre de Moraes, sofreu busca e apreensão de todos os seus equipamentos, e teve seus sigilos quebrados. Os inquéritos se baseiam em “relatórios” e “reportagens” que são tomados como verdadeiros, embora produzidos pela concorrência e sem qualquer compromisso com fatos. 

Com base no mesmo tipo de informação produzida por fontes suspeitas, o ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, mandou confiscar toda a renda da empresa, com o apoio e elogios do ministro do STF Luís Roberto Barroso, presidente do TSE. O confisco vem sendo mantido pelo atual corregedor do Tribunal. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a empresa a sobreviver, doe qualquer quantia através do Pix, utilizando o código que está visível na tela ou o código ajude@folhapolitica.org

Com sua ajuda, a Folha Política poderá continuar trazendo informação que o cartel midiático não quer que você veja. 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...