sábado, 1 de janeiro de 2022

Bolsonaro responde a internauta sobre preço de combustíveis: ‘Se o cara voltar, a roubalheira retorna em 23’


O presidente Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para divulgar algumas medidas de seu governo. O presidente relatou que sancionou lei que renova a isenção de IPI para taxistas e pessoas com deficiência, que sancionou lei complementar que altera o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, e que destinou mais R$ 700 milhões de recursos extras para o Ministério da Cidadania, visando ao atendimento das necessidades dos afetados pelas fortes chuvas em todo o Brasil. 

O presidente falou ainda sobre os desvios na Petrobras ocorridos nos governos petistas. Bolsonaro disse: 

- Em 2021 foram recuperados R$ 6 bilhões em acordos de leniência e delações premiadas. Prova inconteste da corrupção existente na empresa.

- A Petrobrás vem se recuperando de desmandos e desvios praticados num passado bastante recente, mas que ainda refletem nos preços dos combustíveis de hoje.

- A dívida bruta da Petrobrás, em 2021, caiu de U$ 160 bilhões para U$ 60 bilhões.

- Essa queda (100 bi), em parte, foi quitada com lucro na venda de combustíveis que você paga nos postos em todo o Brasil.

Entre os comentários de internautas, um cidadão perguntou: “já que estamos pagando esta dívida, quando vamos ter o retorno para nós, da população?”. Bolsonaro respondeu: “a previsão de quitar a dívida é para esse ano. Se o cara voltar, a roubalheira retorna em 23”.

Sobre as outras medidas, o presidente disse: 

“IPI para TAXISTAS e PESSOAS C/ DEFICIÊNCIA. 

- Sancionei a Lei 14.287, de 31/dez/2021, que renova a isenção de IPI para taxistas e pessoas com deficiência. 

-  A Lei atende as pessoas com deficiência física, visual, auditiva e mental e com transtorno do espectro autista, bem como, aquelas com deficiência auditiva, não beneficiadas pela legislação anterior.

- A medida aquece a indústria automobilística e faz  justiça com os taxistas e as pessoas com deficiência”.

Bolsonaro relatou: 

“- Acabo de sancionar projeto de lei complementar, de autoria do Senador Jorginho Mello, que altera o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. 

- Dentre as inovações, destaco a figura do MEI-CAMINHONEIRO, relacionado ao transportador autônomo de cargas, o qual passa a compor uma das categorias passíveis de inscrição como MEI (Microempreendedor Individual).

-  Com a alteração, a inscrição como MEI passa a ser permitida para os transportadores e caminhoneiros que possuam faturamento de até R$ 251.600,00 por ano, ou seja, de quase R$ 21.000,00 por mês”.

O presidente também publicou a imagem de uma medida provisória e explicou: “Mais R$ 700 milhões de recursos extras para o Ministério da Cidadania, visando ao atendimento das necessidades dos afetados pelas fortes chuvas em todo o Brasil, especialmente na Bahia”.

Empresários e cidadãos brasileiros estão sofrendo perseguição política por apoiarem o presidente Jair Bolsonaro ou por defenderem valores conservadores. Com uma “canetada”, o ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, confiscou a renda de sites e canais conservadores, com o apoio e respaldo do presidente da casa, Luís Roberto Barroso, que é também ministro do STF. 

Toda a renda da Folha Política está sendo confiscada em consequência dessa decisão, que se aplica indiscriminadamente a todos os conteúdos produzidos pelo jornal e afeta inclusive a renda de vídeos antigos. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando a realidade da política brasileira e enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer o controle da informação. Com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...