segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Saúde de Roberto Jefferson se deteriora na prisão e família faz apelo desesperado


A esposa de Roberto Jefferson, preso político, fez um apelo, pelas redes sociais, para quem puder ajudar a convencer as autoridades a transferir Jefferson para um hospital. No vídeo, Ana Lúcia Jefferson explica que o laboratório que fez os exames telefonou para a médica para informar alterações significativas nos exames, e afirma que ele precisa ser transferido para um hospital com urgência. Ana Lúcia pede: “Quem puder, me ajude. Quem não for autoridade, que ore por ele, por favor”. 

O apelo gerou comoção nas redes sociais, com cidadãos e políticos pedindo ajuda e orações por Roberto Jefferson. A maioria das manifestações não pode ser reproduzida. O filho de Jefferson mostrou um documento que mostra que a Secretaria de Administração Penitenciária já afirmou não ter condições de fazer o tratamento no presídio e disse: “Os Advogados do meu Pai não conseguem resposta do pedido de transferência para o hospital. A SEAP já se manifestou no dia 13 de Janeiro. Tem 4 dias e nada. Que Deus ajude meu Pai”.

A presidente do PTB, Graciela Nienov, informou: “Roberto Jefferson está com Dimero- D Quantitativo 1598,20 ng/Ml, precisa urgente ser transferido para um hospital. Vamos orar pela sua vida!”.

O deputado Rodrigo, Presidente do PTB-SE, afirmou: “Roberto Jefferson precisa ir pro Hospital Urgente! Vejam o apelo de Ana Lúcia Jefferson, esposa de Roberto Jefferson.”

O vereador Douglas Gomes disse: “Você pode até não gostar dele, mas o que está acontecendo com o Roberto Jefferson poderá acontecer comigo e com você. Ele está sendo tor*** e se não for para o hospital o mais rápido possível, poderá não resistir!”.

Roberto Jefferson está preso há meses a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, por expressar suas opiniões. Ele também foi afastado da presidência do Partido Trabalhista Brasileiro a mando do ministro. Roberto Jefferson é um dos presos políticos que vêm se acumulando nos inquéritos conduzidos pelo ministro para perseguir adversários políticos. 

No contexto atual do Brasil, muitas pessoas estão sendo tratadas como sub-cidadãos, pelo simples motivo de terem manifestado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por expressarem suas opiniões, são alvo de CPIs, de inquéritos secretos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, ou são vítimas de medidas arbitrárias como prisões políticas, apreensão de bens, e exposição indevida de dados, entre outras. 

A totalidade da renda da Folha Política,assim como de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, com o apoio e aplauso do presidente do tribunal, Luís Roberto Barroso, que é também ministro do STF. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a continuar nosso trabalho, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou com o código ajude@folhapolitica.org

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando os eventos da política brasileira e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer manter invisíveis. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...