sábado, 26 de fevereiro de 2022

Bolsonaro alerta banqueiros e investidores sobre ação no Supremo: ‘se isso for aprovado, é o fim do Brasil’


Durante sua participação no CEO Conference, um evento promovido pelo BTG Pactual que reúne líderes empresariais, o presidente Jair Bolsonaro fez um alerta sobre o novo marco temporal para demarcação de terras indígenas, em discussão no Supremo Tribunal Federal. 

O presidente explicou que o placar da discussão está em 1 a 1, e explicou: “Se for aceito o novo marco temporal, nós, que já temos, no Brasil uma área demarcada como terra indígena uma área equivalente à região Sudeste, teríamos mais uma área equivalente à região Sul. E, pela disposição geográfica dessas novas áreas, teremos uma outra área do tamanho do estado de São Paulo, inviabilizada para o agronegócio. Será o fim do Brasil”.

O presidente apontou: “de acordo com o perfil do presidente que assumir ano que vem, ele bota mais dois dentro do Supremo, e vocês sabem para que lado vai pender essa balança. Então, tem muita coisa em jogo no corrente ano. Mais que a nossa vida, a nossa liberdade e a nossa independência”. 

O senador Marcos Rogério também debateu o assunto do marco temporal no Senado, apontando: “Não cabe a uma Corte Constitucional uma abordagem que pretenda reescrever a Carta Republicana, mas, sim, fazer cumprir a Constituição Federal e aquilo que previu, aquilo que quis o legislador constituinte”.

A renda deste vídeo e de todos os outros da Folha Política está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral. Caso o mesmo vídeo seja reproduzido pela velha imprensa ou por sites e canais de extrema-esquerda, não será considerado uma ameaça à democracia. 

O confisco de renda ordenado pelo ministro e mantido pelo atual corregedor do TSE atinge todos os vídeos produzidos por canais conservadores, independente do conteúdo. Essa decisão recebeu o apoio e aplauso do ministro Luís Roberto Barroso, do STF e do TSE, e se soma a outras medidas já tomadas contra a Folha Política, como a apreensão de todos os equipamentos promovida pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, em inquérito que foi arquivado por falta de indícios de crime. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado, doe qualquer valor pelo Pix, utilizando o QR Code que está visível na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política vem mostrando os fatos da política brasileira, fazendo a cobertura dos três poderes, e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...