quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Bolsonaro chama petistas de ‘bandidos’ e faz desabafo avassalador ao escancarar ataques à liberdade


O presidente Jair Bolsonaro participou de um evento do banco BTG Pactual, quando, ao fazer a sua fala inicial, fez um forte desabafo, falando sobre o grupo que quer voltar ao poder e seus aliados na velha imprensa e no Judiciário. O presidente questionou se os empresários e banqueiros realmente acreditam que o Brasil estaria melhor se as reformas promovidas por seu governo fossem desfeitas, e pediu que observassem o que vem ocorrendo em países vizinhos.

O presidente questionou: “se os senhores acham que a nossa liberdade está ameaçada, ou não, por parte de alguns atores aqui no Brasil. Deixo claro: geralmente, quem busca tolher direitos individuais da população e partir para o regime mais fechado é o chefe do Executivo, e aqui acontece exatamente o contrário: se não é o chefe do Executivo resistir, certamente já estaríamos no outro regime atualmente.  O que está em jogo no Brasil? É a nossa liberdade. O que está em jogo no Brasil? A nossa economia”. Bolsonaro alertou: “não adianta estar muito bem financeiramente se não tiver liberdade para ir para a rua”. 

Bolsonaro pediu responsabilidade por parte dos empresários, investidores e banqueiros, e disse: “dá para brincar com isso? Para onde estávamos indo nos últimos governos? Vamos novamente ficar ao lado do abismo? É uma ida sem retorno. Todos têm que ter responsabilidade”. O presidente disse: “não tenho apego àquela cadeira, mas tenho compromisso. Entendo que foi Deus que me colocou ali e só Deus me tira de lá. Se tem alguém melhor, tudo bem. O outro lado, já conhecemos, não apenas ao longo de 8 anos, mas ao longo de 14 anos”. 

O presidente alertou: “Mas precisamos de paz para ter a liberdade, e devemos lutar por isso. Não vai ser o chefe do Executivo que vai jogar fora das quatro linhas. Mas, por favor: 

dois ou três no Brasil. Não estiquem essa corda! Vocês vão ter que vir para dentro das quatro linhas! Afinal de contas, todos nós temos limites. Alguns poucos, dois ou três, acham que não têm limites. Podem ficar brincando o tempo todo de nos controlar, de desrespeitar a nossa Constituição, de ferir a nossa liberdade de expressão, de prender deputado! de manter cidadãos brasileiros com tornozeleira eletrônica, de desmonetizar páginas da internet. Em querer botar freio na nossa liberdade de discutir eleições pelas mídias sociais. Onde vamos chegar?” 

O presidente apontou que, caso seja candidato e venha a ser reeleito, o perfil de sua equipe já é conhecido. E o perfil do outro lado também. Bolsonaro disse: “O que está em jogo é a nossa liberdade, é o futuro do Brasil”. Bolsonaro concluiu: “Nós temos essa responsabilidade. Nós exigimos, e tudo faremos, por um Brasil livre. Por um Brasil livre de corrupção (...) estamos há três anos sem corrupção. Isso não representa nada para a classe pensante no Brasil?”.

A Constituição Federal determina, em seu art. 5º, inciso LIV, que “ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal”. No entanto, o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, mandou confiscar, em decisão monocrática em inquérito administrativo, a renda de canais e sites conservadores, como de Bárbara, do canal Te Atualizei, e da Folha Política. 

A decisão do ministro, que recebeu o respaldo e o apoio do então presidente do TSE e ministro do STF Luís Roberto Barroso, confisca toda a renda dos canais, sem qualquer distinção segundo o tipo de conteúdo, o tema, a época de publicação ou qualquer outro critério. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes, em inquérito que foi arquivado por falta de indícios de crime. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal funcionando, doe através do QR Code que aparece na tela, ou utilizando o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não use Pix, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. Há quase 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...