terça-feira, 22 de março de 2022

Bolsonaro faz pronunciamento entusiasmado em Porto Nacional, no Tocantins, e é intensamente aplaudido aos gritos de ‘mito’


O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia de lançamento do Programa “DNA do Brasil”, em Porto Nacional, no Tocantins. O programa busca detectar talentos para Esporte e Vocação Profissional em 63 municípios tocantinenses, e é um projeto piloto que pode vir a ser implementado em todo o País. 

O presidente elogiou o trabalho do atleta Jardel Gregório, que bateu o recorde do salto triplo, em 2007, e colabora com o programa. Bolsonaro disse: “não está saltando. Está voando, ajudando a garotada, cada vez mais buscando descobrir talentos pelo Brasil”. O presidente disse que tem “satisfação e orgulho da missão dada por Deus de estar à frente do Executivo”. 

Bolsonaro respondeu a pedidos da população, que pedia a construção de uma ponte, e lembrou que seu governo, mesmo com orçamento pequeno, vem fazendo mais obras que seus antecessores. O presidente explicou que, no caso específico, a ponte só poderá ser feita após a federalização da estrada, enfatizando que o governo quer construir pontes para “fazer com que vocês não paguem mais pedágio para balsas nos rios”. O presidente falou ainda do “prazer em ser recebido com muito carinho e muita empolgação e ver que as cores que predominam por esse Brasil hoje são a verde e a amarela”. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso do ministro Luís Roberto Barroso, que é ministro do STF.

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...