quarta-feira, 23 de março de 2022

Em pronunciamento por ocasião do lançamento da pedra fundamental da nova Escola de Sargentos do Exército Brasileiro em Pernambuco, o Comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, lembrou a importância do Exército para o Brasil. O general disse: “Nosso Exército nasceu a partir da união guerreira entre negros, índios e brancos, combatendo irmanados na defesa do solo pátrio. Desde então, povo, pátria e exército estão amalgamados de forma indissolúvel em torno dos sentimentos de brasilidade, liberdade, justiça e igualdade. Nesses quase 400 anos de história, o Exército tem demonstrado à Nação a sua capacidade operacional e seu compromisso com a defesa da soberania, do território e da unidade do Brasil” O general também falou da importância da Escola de Sargentos que será construída e que unificará a formação em todo o país. Ele disse: “A escola se destina a atender a elevados objetivos estratégicos do Exército. Deve ser um verdadeiro templo, no qual serão ensinados, cultuados e praticados os mais nobres valores éticos e morais, além de desenvolver as virtudes militares essenciais ao soldado, tendo como inspiração os heróis de nossa História” A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo do ministro Luís Roberto Barroso. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há quase 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Em pronunciamento por ocasião do lançamento da pedra fundamental da nova Escola de Sargentos do Exército Brasileiro em Pernambuco, o Comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, lembrou a importância do Exército para o Brasil. O general disse: “Nosso Exército nasceu a partir da união guerreira entre negros, índios e brancos, combatendo irmanados na defesa do solo pátrio. Desde então, povo, pátria e exército estão amalgamados de forma indissolúvel em torno dos sentimentos de brasilidade, liberdade, justiça e igualdade. Nesses quase 400 anos de história, o Exército tem demonstrado à Nação a sua capacidade operacional e seu compromisso com a defesa da soberania, do território e da unidade do Brasil”

O general também falou da importância da Escola de Sargentos que será construída e que unificará a formação em todo o país. Ele disse: “A escola se destina a atender a elevados objetivos estratégicos do Exército. Deve ser um verdadeiro templo, no qual serão ensinados, cultuados e praticados os mais nobres valores éticos e morais, além de desenvolver as virtudes militares essenciais ao soldado, tendo como inspiração os heróis de nossa História”

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo do ministro Luís Roberto Barroso. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas.

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há quase 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...