terça-feira, 15 de março de 2022

General Girão, Coronel Chrisóstomo, Zambelli e deputados de Bolsonaro anunciam frente parlamentar em defesa do presidente


Na sede do Partido Liberal, partido do presidente Jair Bolsonaro, foi realizada hoje uma cerimônia de filiação de diversas pessoas, incluindo parlamentares que estão utilizando a janela partidária, pré-candidatos e cidadãos comuns. A cerimônia incluiu ainda o lançamento da Frente Parlamentar Lealdade Acima de Tudo. O deputado General Girão e a deputada Carla Zambelli explicaram a frente, que propõe reunir parlamentares leais ao Brasil e ao presidente Jair Bolsonaro.  

O deputado General Girão disse: “Antes das eleições de 2018, fomos convocados pelo capitão Bolsonaro a lutar pelo Brasil nas trincheiras do Congresso Nacional. Como bom soldado atendi o seu chamamento e disputamos juntos em prol dos valores cristão, patrióticos e nacionais. Missão cumprida. Agora, estamos lado a lado, novamente, defendendo a continuidade do resgate e  desenvolvimento do Brasil, no Partido Liberal. Juntos, com o presidente Jair Bolsonaro, anunciamos nossa pré-candidatura a Deputado Federal pelo PL. Nesse 15 de março, nos comprometemos, mais uma vez, em defender as cores da nossa bandeira e endireitarmos o Rio Grande do Norte. Estamos juntos, capitão! Pelo Brasil!  Pelo Rio Grande do Norte!”. 

A deputada Carla Zambelli apresentou, em live transmitida pelas redes sociais, diversos parlamentares e cidadãos que se filiaram hoje, e também transmitiu uma coletiva de imprensa para explicar a criação da Frente. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso do ministro Luís Roberto Barroso, que também é ministro do STF.

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...