domingo, 20 de março de 2022

Ministro de Bolsonaro, Onyx é intensamente aplaudido ao confrontar Lula e Dilma: ‘18 bilhões para republiquetas’


Em pronunciamento por ocasião de evento destinado a lançar programa voltado a gerar renda e aumentar o poder de compra dos brasileiros, Onyx Lorenzoni, ministro do Trabalho e Previdência no Governo Bolsonaro, ressaltou como a equipe do presidente se distingue dos governos passados, fez severas críticas a Lula e Dilma ao assestar o envio de bilhões para republiquetas comunistas e salientou a diferença que está sendo realizada na vida da população. 

O ministro encetou: “Não estamos aqui falando de números. Estamos falando de vidas. Desde o início do Governo Bolsonaro, eram vidas que ele nos estimulava a cuidar, proteger e promover. Tínhamos programas sociais no passado que se tratavam de pescarias eleitorais, produção de dependência das pessoas. O medo era usado como regra. ‘Se nós não vencermos as eleições, vai acabar a bolsa A, B ou C’. Agora, não, presidente. O senhor transformou tudo isso com a sua equipe”.

Ademais, Onyx frisou como anteriores “invisíveis” estão sendo auxiliados e amparados pelo Governo Federal: “Hoje, qualquer pessoa no Brasil sabe que temos uma rampa de ascensão social, permitindo que as pessoas saiam da informalidade ou da extrema pobreza (...). Não são números. São pessoas. São vidas. Os invisíveis que foram descobertos, aqueles 26 milhões, que chegam a quase 38 milhões com nossos MEIs, nunca foram enxergados por governo nenhum. Agora, elas estão bancarizadas pela Caixa. Poderão receber pelo aplicativo de celular até mil reais para melhorar sua condição de vida. Isso se chama microcrédito digital simplificado”.

Nesta toada, o político fez intensas críticas a Lula e Dilma ao explicar a ênfase de Bolsonaro no atendimento a pequenos empreendedores: “São pessoas simples que precisam de um caminho simples para prosperar com suas vidas. Comprar equipamento para o salão de beleza, para o pequeno restaurante, para servir quentinhas em escritórios nas grandes cidades. O Governo Bolsonaro cuida da vida das pessoas. Não nos interessa mandar dinheiro para Cuba, não interessa roubar 18 bilhões de dólares do BNDES e mandar para republiquetas porque são socialistas ou comunistas. No seu governo não há roubo, não há corrupção. Tudo que economizamos é entregue para as pessoas do Brasil (...). A turma do ‘mas’, que só vê coisa ruim, vai morder a língua de novo. Esse é um governo que serve aos brasileiros”.

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo do ministro Luís Roberto Barroso. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas.

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, inclusive celulares e tablets dos sócios e de seus filhos. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há quase 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...