quinta-feira, 28 de abril de 2022

Bolsonaro dá ‘alforria’ a assentados, é aclamado por multidão e menciona graça a Daniel Silveira: ‘a nossa liberdade não pode continuar sendo ameaçada’


Durante cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural em Paragominas, no Pará, o presidente Jair Bolsonaro foi intensamente aplaudido pela multidão ao discursar e apontar como seu governo mudou a atitude em relação à reforma agrária, entregando os títulos de terra para que os cidadãos tenham dignidade. 

No início do discurso, o presidente apontou que havia uma bandeira da Venezuela na plateia e lembrou que é um país riquíssimo com um povo na miséria. Bolsonaro disse: “sofrem por péssimas escolhas que fizeram no passado. Nós somos escravos das nossas escolhas. A nossa escolha é a bandeira verde-amarela”. O presidente mandou um abraço aos venezuelanos, pedindo a Deus que o suplício deles chegue ao fim. 

O presidente lembrou que o País enfrenta dificuldades, devido à pandemia e à guerra da Ucrânia, e apontou que, apesar dos problemas, o Brasil não tem desabastecimento, lembrando a importância dos produtores agrícolas. Bolsonaro disse que o título de propriedade rural é uma espécie de “carta de alforria”, libertando os cidadãos do jugo de maus brasileiros e dando-lhes dignidade. 

Bolsonaro lembrou que seu governo, em pouco mais de três anos, já entregou mais títulos que os governos de Temer, Dilma, Lula e FHC juntos, e disse: “Nossa média anual está na casa de 100 mil títulos. Isso é muito mais que os governos de Temer, Dilma, Lula e FHC. Nós trabalhamos por vocês. Não é discurso. Isso também não é virtude, é obrigação. Quando nós nos voluntariamos para disputar as eleições, é para trabalhar por todos vocês. E não existe momento mais dignificante do que este - ver nos olhos de vocês esse sentimento de alegria e de respeito”.

O presidente mencionou o decreto que concedeu graça ao deputado Daniel Silveira, dizendo: “Vocês viram, esta semana, um ato do presidente com uma pessoa que estava sendo injustiçada. Isso não é apenas para aquele deputado. É para todos vocês. A nossa liberdade não pode continuar sendo ameaçada. Dizer a vocês que me senti orgulhoso e feliz comigo mesmo pela decisão tomada”. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 9 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...