quarta-feira, 13 de abril de 2022

Deputado de Bolsonaro, Luiz rebate Globo e confronta Barroso, do STF: ‘tem se comportado como um advogado do PT’


Da tribuna da Câmara, o deputado Luiz Lima manifestou sua indignação com a participação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, em um evento político, assim como com as falas do ministro demonstrando posição abertamente contrária ao presidente eleito democraticamente pela maioria da população. 

O deputado dirigiu-se ao ministro: “Ministro Barroso, o único Poder deste País que não é democrático é o Supremo. O senhor foi escolhido pela Presidente Dilma, há 9 anos, para ocupar o cargo de Ministro e tem se comportado como um advogado do PT. Nesse evento, vocês se classificam como sendo um poder do bem e, nós, que estamos com o Presidente Bolsonaro ou com outro candidato que não seja o Presidente Lula, sendo força do mal”. 

O deputado Luiz Lima apontou ainda o papel de outra participante do evento, a Rede Globo, e lamentou o papel a que se presta a emissora na tentativa de determinar o resultado das próximas eleições. O deputado disse: “a Rede Globo está mais preocupada em receber honorários pelas propagandas de governo na sua programação do que preocupada com a sociedade brasileira”. 

O deputado apresentou sua hipótese para os estranhos atos de alguns ministros do Supremo e também da velha imprensa. Luiz Lima disse: “As pesquisas estão apontando que o Presidente Bolsonaro já ultrapassa o Presidente Lula. Está aí a preocupação não só dos partidos de oposição, mas também daqueles Ministros escolhidos pelos partidos de esquerda, principalmente pelo PT. Eles estão desesperados porque já estão percebendo que daqui a quatro meses e meio começa a campanha, e o crescimento do Presidente Bolsonaro é inevitável”. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas.

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há quase 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...