segunda-feira, 4 de abril de 2022

Deputado Luiz Lima aponta que STF atua como ‘partido de oposição’ e reage a Moraes: ‘condenou eleitores de Daniel’


Em pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Luiz Lima, aliado do presidente Jair Bolsonaro, enfatizou como decisões proferidas por Alexandre de Moraes, ministro do STF, estão contaminadas por viés político e salientou que os eleitores de Daniel Silveira estariam, devido à perseguição perpetrada pelo STF, “condenados por uma pessoa que não foi eleita pelo povo”.

Luiz Lima frisou: “Eu não estou aqui defendendo o Deputado Daniel Silveira. Eu estou defendendo todos os Parlamentares, que são livres para pensar da forma como viveu, da forma como seus pais lhes passaram observações do nosso cotidiano, do nosso País. Eu posso discordar, Deputado Daniel, de alguma coisa que o senhor falou, mas os seus eleitores concordam com o senhor — 100 mil, 200 mil, 400 mil. Quem sabe o senhor vai ter mais de 500 mil votos no Rio de Janeiro? Essas pessoas estão sendo condenadas por uma pessoa que não foi eleita pelo povo. Então, é muito importante que nós mudemos, Deputado Daniel, e que o senhor vença”.

Nesta toada, o parlamentar relatou: “O meu pai — eu falei ontem aqui — faleceu no dia 5 de fevereiro, aos 87 anos. Viveu muita coisa pela qual este País passou. Ele passou pelo regime militar; ele passou por uma recente democracia; ele passou pela primeira Era Vargas, de 1930 a 1945; ele passou pelo retorno de Getúlio Vargas em 1951, eleito pelo povo; ele passou por tudo. E ele disse: ‘Luiz, como esse seu amigo é corajoso!’. É com esta coragem que o senhor está trazendo orgulho para o cidadão. Isso faz com que nós mudemos”. 

Ademais, o congressista defendeu que o mandato de ministros do STF limite-se a 8 anos, afastando, ainda, a possibilidade de que a Suprema Corte se comporte como um partido de oposição: “Nós estamos chamando a atenção para que os Ministros tenham mandato de 8 anos, para que os Ministros tenham um saber jurídico e representem, pelo menos, 11 segmentos diferentes da sociedade. Não cabe, Presidente Eduardo, o Supremo Tribunal Federal se comportar como um partido de oposição a nenhum Governo! Se o PT estiver no Governo, o Supremo não pode ser oposição ao PT. Ele tem que ser neutro, ele tem que seguir o que nós decidimos nesta Casa. Nós não vamos nos apequenar! O Deputado Daniel Silveira, hoje, pode não ser da Oposição, mas é um Parlamentar como nós”.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há quase 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...