quarta-feira, 25 de maio de 2022

Capitão Alberto Neto rebate ataque de petista a Bolsonaro: ‘sente falta da mamata em que o nosso País estava envolvido, escândalos, escândalos de corrupção’


Da tribuna da Câmara, o deputado federal Capitão Alberto Neto respondeu a um deputado petista que dizia sentir falta do ex-presidente Lula no governo. O deputado afirmou que o Brasil está no caminho correto e o povo não quer mais voltar ao passado. Capitão Alberto Neto disse: “Ele sente falta da mamata em que o nosso País estava envolvido, escândalos, escândalos de corrupção. A sociedade deu a resposta em 2018, ela não aceita mais um país ser governado por corrupto. Existem umas pesquisas duvidosas que colocam o ex-presidiário à frente, como aconteceu também em 2018, mas quando a urna é aberta a vontade do povo prevalece. Ele não quer voltar ao passado, ao terror que existiu neste País, vendo instituições seculares nossas sendo saqueadas por um Governo corrupto”. 

Nesta toada, o parlamentar frisou: “Mesmo com interferência ditatorial de alguns Ministros do STF, o Presidente Bolsonaro resistiu (...). Salvamos empresas que precisavam fechar, salvamos milhões de empregos no nosso País. E o nosso País hoje é um dos países que mais crescem se o compararmos com os países da OCDE. A nossa moeda é uma das moedas que mais se valorizam no mundo”.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Há mais de 10 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...