sexta-feira, 13 de maio de 2022

Coronel Tadeu alerta sobre risco de implantação de um regime autoritário pela esquerda


Em live transmitida por suas redes sociais, o deputado federal Coronel Tadeu comentou a censura imposta pelo instagram ao deputado federal Eduardo Bolsonaro. O deputado apontou que o aplicativo não esclarece qual seria a regra que teria sido violada pelos usuários, simplesmente impondo sanções segundo critérios próprios e que não são transparentes. 

O deputado apontou que a necessidade de lutar por liberdade não é meramente retórica. Ele disse: “não está tudo bem, não. Nós estamos, aos poucos, sendo cercados”. Coronel Tadeu apontou que o ex-presidente Lula, em sua campanha antecipada, vem propondo a implantação de um regime comunista e avisando que retirará as armas dos cidadãos de bem, censurará a imprensa, e imporá seus valores. 

O deputado alertou: “tomem muito cuidado, porque a gente corre sérios riscos de sofrer um revés no nosso atual modelo. Ele não é bom, ele não é perfeito, mas no momento nos atende perfeitamente”. O deputado afirmou acreditar que, no Brasil, as pessoas ainda podem escolher seu trabalho, sua profissão, ir e vir conforme sua vontade. Ele apontou: “nada disso existe em um país comunista”. 

Muitos brasileiros já estão vivendo, há muito tempo, sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Há mais de 10 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...