segunda-feira, 27 de junho de 2022

Coronel Tadeu explica quem matou o segurança negro que não teve atenção da velha imprensa


O deputado federal Coronel Tadeu, em live transmitida por suas redes sociais, apontou que o Brasil vive um momento de decisão, e que não é possível ficar “em cima do muro”. Ele disse: “E por que eu digo isso? Porque as pesquisas estão cada vez mais manipulando a cabeça do brasileiro”. O deputado apontou a disparidade entre as imagens de multidões acompanhando o presidente por todo o país e os números das pesquisas produzidas e divulgadas pela velha imprensa. Coronel Tadeu disse: “tem algo errado. Absolutamente, tem algo errado”. 

O deputado comentou o caso do segurança de shopping que foi morto durante um assalto no Rio de Janeiro, Jorge Luiz Antunes, e questionou por que ele não recebeu a solidariedade de “movimentos” e a cobertura da velha imprensa. O deputado disse: “você não vai ver nem a foto do Jorge Luiz Antunes. Quem é que foi que matou o Jorge Luiz Antunes?”. Ele respondeu: “Foram os políticos que fizeram leis que hoje só favorecem os bandidos”. 

Coronel Tadeu apontou que a cena política do país nos últimos anos foi dominada por dois partidos. Ele disse: ‘temos que fazer mea culpa. O povo errou! Nós elegemos bandidos”. O deputado alertou: “errar é humano, mas persistir no erro é burrice, ou tolice, ou idiotice”. Ele lembrou declarações do ex-presidente Lula em defesa de criminosos e pediu ao povo que reflita sobre isso. 

A liberdade, no Brasil, está sob ameaça, assim como a propriedade privada, em consequência do ativismo judicial de alguns membros do Judiciário. A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo dos ministros do STF Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. Há mais de 11 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...