terça-feira, 28 de junho de 2022

Presidente da Câmara, Lira surpreende, defende Bolsonaro de 'ataques baixos' da velha mídia e manda recado


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, discursou ao lado do presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de entrega de unidades residenciais em Maceió, Alagoas. Lira elogiou a “motociata” com a presença do presidente, e falou sobre os empreendimentos, lembrando que, mesmo iniciados em governos anteriores, só foram concluídos no governo Bolsonaro. 

O presidente da Câmara alertou sobre as narrativas da velha imprensa, que tentam atribuir todo fato negativo ao presidente Jair Bolsonaro, e chamou a atenção para o esforço do governo federal para diminuir impostos e lidar com as consequências econômicas das políticas de governadores e prefeitos e, mais recentemente, da guerra da Ucrânia. Quando Lira falava sobre os combustíveis, foi interrompido por gritos da plateia, que pedia a saída do atual governador.

Arthur Lira relembrou os esforços do ex-senador Benedito de Lira e enfatizou ainda o trabalho de dois ex-ministros para a realização do projeto, e acrescentou: “e o presidente Bolsonaro pegou o Brasil no meio de uma pandemia, e não faltou a nenhum brasileiro vacina, auxílio, ajuda financeira do governo federal”. Ele apontou que as consequências econômicas eram esperadas e chegaram, com a inflação, e disse que o presidente Bolsonaro e o Congresso Nacional estão atentos e trabalharão por um futuro melhor. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Há mais de 11 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...