sexta-feira, 3 de junho de 2022

Presidente do Paraguai, Mario Abdo faz pronunciamento emocionante e homenageia o trabalho conjunto dos dois países


O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, participou, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, de cerimônia que marca a visita às obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai. Em seu discurso, o presidente do Paraguai enfatizou que Itaipu binacional é a maior hidrelétrica do mundo, construída em uma parceria pelos dois países. Ele enfatizou que os dois presidentes defendem os valores da família, do trabalho, da dignidade, de respeito à propriedade privada, e que estão promovendo a integração do futuro. Benítez relatou que, enquanto os dois países constróem uma nova ponte, o Paraguai está construindo uma estrada para ligar os dois oceanos, dizendo: “outro corredor logístico que vai permitir a prosperidade econômica dos dois povos” e chamando a obra de “o canal do Panamá do sul”. 

Mario Abdo Benítez mencionou ainda o desfile em carro aberto que fez ao lado do presidente e afirmou: “eu o acompanhei em um carro aberto e vi o carinho que o povo tem pelo senhor”. O presidente do Paraguai elogiou o trabalho de Bolsonaro na condução do país em meio a uma das maiores crises da humanidade e afirmou: “estou muito orgulhoso deste carinho do povo, que eu sei que vai continuar te apoiando no futuro (...) e que você vai continuar construindo o futuro desta nação”. 

No contexto atual do Brasil, muitas pessoas estão sendo tratadas como sub-cidadãos, pelo simples motivo de terem manifestado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por expressarem suas opiniões, são alvo de CPIs, de inquéritos secretos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, ou são vítimas de medidas arbitrárias como prisões políticas, apreensão de bens, e exposição indevida de dados, entre outras. 

A totalidade da renda da Folha Política, assim como de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, com o apoio e aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Há mais de 11 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a continuar nosso trabalho, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou com o código ajude@folhapolitica.org. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando os eventos da política brasileira e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer manter invisíveis. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...