quinta-feira, 21 de julho de 2022

Bolsonaro adverte para ofensivas do STF contra a liberdade, faz alerta a jovens e sugere que estudem sobre Cuba: ‘lá é tão bom que o pessoal foge’


Em conversa com cidadãos nos jardins do palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a importância de alertar os jovens para que reflitam sobre suas escolhas. Ele sugeriu que os jovens conheçam Cuba e saibam como é a situação dos jovens do país. Bolsonaro disse: “lá é tão bom que o pessoal foge. Para os jovens… o cara vê que não tem futuro, vai ser escravo do regime”.

Dirigindo-se a um jovem, Bolsonaro disse: “imagine você ficar sem internet. Lá não tem. O jovem aqui no Brasil, que é de esquerda, não larga o celular. Mas não consegue entender que, se o outro lado chegar - ele diz que admira o lado cubano e diz claramente que vai censurar as redes sociais - vai perder o celular dele”.

O presidente respondeu a uma mulher que relatou que seus avós fugiram do comunismo na república Tcheca, e Bolsonaro alertou: “A liberdade, o pessoal pensa que é de uma hora para outra. Vai perdendo aos poucos”. O presidente lembrou que concedeu a graça ao deputado Daniel Silveira quando foi condenado por opiniões. 

Bolsonaro disse: “se prende um deputado… Nove anos de cadeia? Por palavras e opiniões? E acusam a mim de ser ditador? Vê se eu censurei alguma página algum dia. Não falta é página dando pancada em mim, o tempo todo, jogando futebol com a minha cabeça… Agora estavam fazendo um filme no Rio, uma cena exec*** um motociclista que era eu… A cara é minha, parece que sou eu que estou lá. Isso é “ódio do bem”. 

O presidente lembrou que os escândalos de corrupção dos governos petistas financiaram ditaduras na América do Sul e perguntou: “Todo poder emana do povo? Sim ou não? Não! Dou exemplo: você acha que o povo cubano quer liberdade? O povo venezuelano quer liberdade? Norte-coreano? Não são a maioria? o poder não emana do povo? Por que não têm liberdade? Pelas escolhas erradas que fizeram”. 

Bolsonaro disse: “Todo mundo aqui vai ter um ponto final um dia. E o currículo é o que você fez aqui ou o que você podia fazer e se intimidou, se acovardou, se omitiu. Lavou as mãos. Entendeu o recado?”. 

O presidente voltou a alertar os jovens, dizendo: “tem duas pessoas que dão a vida por você aqui na terra: tua mãe e teu pai. Acredite nessa dupla. Ou, na falta de um, em um avô. Querem o teu bem. Por isso a esquerda tenta o tempo todo destruir os valores familiares. Não acreditar no pai, não acreditar na mãe… vai ser um zumbi por aí. E olhem, pessoal, certos países que liberaram as drogas há poucos anos. Ou estados norte-americanos. 

E olha o que está acontecendo. O exemplo mais claro é a Venezuela. E olha o que aconteceu com a Venezuela quando começou a ruir o sistema: outros países foram para dentro. Se fosse um país pobre, ninguém estava lá dentro. Então, o interesse em desgastar e corroer as tradições, a união, as famílias de um país é para alguém se apoderar daquela riqueza. O Brasil é o país mais rico do mundo - biodiversidade, riquezas minerais, petróleo, terras agricultáveis. Tem tudo aqui!”.

A liberdade, no Brasil, já não é mais um direito garantido, nem tampouco a propriedade privada, em consequência do ativismo judicial de alguns membros do Judiciário. A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo dos ministros do STF Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. Há mais de um ano, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...