terça-feira, 12 de julho de 2022

Bolsonaro e presidente da Hungria defendem a família e a liberdade em pronunciamento conjunto


O presidente Jair Bolsonaro recebeu a presidente da Hungria, Katalin Novak, em visita oficial, e ambos se pronunciaram após o encontro. Bolsonaro enfatizou que os dois presidentes defendem os valores familiares, a liberdade religiosa e a liberdade de imprensa, além de serem cristãos. O presidente lembrou que visitou a Hungria e mencionou o Museu do Horror, afirmando orar todos os dias para que o povo brasileiro não experimente as dores do comunismo. 

Bolsonaro relatou os assuntos tratados na reunião, inclusive o comércio entre os países, o acordo de defesa que inclui a venda de aviões KC-390, acordos para estudantes internacionais, e a comunidade húngara no Brasil, além da guerra Rússia-Ucrânia. Bolsonaro relatou que terá um telefonema com o presidente da Ucrânia no próximo dia 18 e que falou com Putin pouco antes do conflito. Bolsonaro disse: “queremos cada vez mais fazer o possível pela paz. Sabemos que a verdade muitas vezes machuca, mas não tem outra solução, tem que ser através dela, para buscarmos um convívio pacífico entre os povos”. Bolsonaro convidou a presidente da Hungria a visitar a Amazônia, dizendo: “Tão preservada e, injustamente, tão criticada”. 

A presidente da Hungria apontou que ela é a primeira presidente mulher daquele país e enfatizou que sua primeira viagem para fora da Europa foi ao Brasil. Ela apontou que o Brasil é uma grande economia e um país importante, enfatizando as participações na ONU e no BRICS, e apontou que o mundo em breve verá novos tipos de alianças entre os países, para que possam apoiar uns aos outros. Novak afirmou que Bolsonaro é um líder forte e determinado. 

Katalin Novak apontou que os presidentes trataram, principalmente, de três questões: a guerra da Ucrânia, país que faz fronteira com a Hungria, apontando especialmente os riscos criados para outros países, com a degradação das economias e a insegurança alimentar afetando pessoas inocentes. Ela também afirmou que quer estabelecer uma colaboração mais estreita entre o Brasil e a Hungria. Ela apontou ainda que, assim como Bolsonaro, ela é cristã e defende a família, e afirmou que a Hungria vem defendendo fortemente a família como ponto central para o governo. Ela disse: “Sou uma presidente mulher, conservadora, e de família grande. Gostaria que houvesse mais chefes de estado como eu”. Por fim, ela agradeceu pelo convite para visitar a Amazônia e disse que pretende aceitá-lo em breve. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de um ano, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...