quinta-feira, 4 de agosto de 2022

Bolsonaro comenta ação do ditador Maduro, da Venezuela, e alerta para projeto destinado a permitir venda de 20% de terras de municípios a estrangeiros


Durante sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro comentou uma proposta que tramita no Congresso brasileiro para permitir a estrangeiros comprar grande parte do território brasileiro. O presidente leu uma notícia segundo a qual o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, entregou ao Irã um milhão de hectares para cultivo. 

Bolsonaro comparou com o projeto que tramita no Congresso e que permite vender até 20% da área de cada município a estrangeiros. O presidente ponderou que há restrições, mas explicou que mesmo assim é uma área equivalente à região Sudeste que pode ser vendida a estrangeiros. Ele questionou: “se isso passar na Câmara, que países vão começar a comprar esses 20% do Brasil?”. 

O presidente lembrou que o projeto foi aprovado no Senado, ironizando: “no Senado passou ninguém sabe como, né? De repente, foi aprovado”. Bolsonaro afirmou que, caso a Câmara também aprovasse, ele vetaria o projeto. Ele disse: “eu vetaria, aí teriam que derrubar o veto. Não podemos admitir o que o Maduro fez na Venezuela”. 

A soberania é considerada, pela Constituição Brasileira, um dos fundamentos da República, juntamente com a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, e o pluralismo político. Vários desses fundamentos, entretanto, não parecem mais estar em vigor. 

Muitos brasileiros estão vivendo sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. Há mais de 13 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...