domingo, 7 de agosto de 2022

Bolsonaro e Daniel Silveira gravam vídeos para cidadãos; senador e ex-secretário defendem Daniel contra arbitrariedades


O presidente Jair Bolsonaro e os deputados federais Daniel Silveira e Eduardo Bolsonaro gravaram vídeos em apoio ao senador Jorginho Mello, pré-candidato ao governo de Santa Catarina, e a Jorge Seif, ex-secretário de pesca e pré-candidato ao Senado Federal pelo mesmo estado.

Bolsonaro frisou: “Vocês sabem do carinho que tenho para com vocês, desde lá atrás, na pré-campanha, de 2017 para cá. As nossas pautas, muito semelhantes. Vocês sabem, também, com muita propriedade, o quanto defendemos a família e o amor que temos, todos, pelo nosso Brasil. Queremos elevar a nossa bandeira verde e amarela perante o mundo. O Brasil é uma grande potência. Sou presidente do Brasil. Queremos a paz no mundo, mas o Brasil em primeiro lugar”.

Jorginho Mello declarou: “Daniel Silveira é um brasileiro que resiste. Teve coragem de falar pela liberdade o que pensa de forma muito positiva. Temos muito orgulho de ele ser nosso parceiro”.

Daniel Silveira, por seu turno, asseverou: “Esse lugar é extremamente patriota. Eles vêm se mostrando cada vez mais fiéis e aguerridos ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Sempre falo da importância de termos esses representantes que fortaleçam o Governo Bolsonaro. Nossa tarefa é colocar pessoas que façam o bem pelo Brasil”.

Seif, por sua vez, frisou: “É um orgulho estar ao lado dessa fera, que defende a nossa liberdade e está sendo perseguido injustamente. Nele nos inspiramos por sua coragem e força. Vamos vencer”.

O deputado Daniel Silveira é um dos mais emblemáticos alvos da aberta perseguição política promovida pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, contra seus adversários políticos. Mesmo em pleno exercício do mandato parlamentar, o deputado foi preso por palavras proferidas em vídeo, e permaneceu preso por mais de 7 meses. O deputado teve suas redes sociais bloqueadas e foi proibido de conceder entrevistas e participar de eventos públicos. Quando foi libertado, teve que utilizar uma tornozeleira eletrônica e só podia circular em Niterói e em Brasília. Seu patrimônio foi confiscado em multas sem previsão legal, e até seu salário foi diretamente confiscado, além de verbas relativas ao exercício do mandato. O deputado recebeu a graça presidencial após ser condenado, por suas palavras, a uma pena maior que a de muitos autores de crimes gravíssimos contra a vida. Mesmo após a graça, o ministro Alexandre de Moraes segue aplicando multas e punições ao deputado, chegando mesmo a bloquear contas de sua esposa e advogada. 

O assédio ao deputado é parte de um assédio a um grupo de pessoas, tratadas como sub-humanos e cidadãos com menos direitos, por manifestarem suas opiniões livremente e por apoiarem o presidente Jair Bolsonaro. Medidas arbitrárias são tomadas contra essas pessoas, que têm seus direitos e garantias fundamentais desrespeitados. 

Além de ter tido a sede invadida e todos os seus equipamentos apreendidos, no âmbito de um inquérito do ministro Alexandre de Moraes, do STF, que foi posteriormente arquivado por falta de indícios de crime, a Folha Política, atualmente, tem toda a sua renda confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e o louvor dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 13 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, utilizando o QR Code que está visível no vídeo, ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize Pix, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando os fatos da política brasileira, fazendo a cobertura dos três poderes, e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...