sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Bolsonaro se surpreende com fala de Paulo Guedes, faz apelo e garante: ‘Nossa liberdade é sagrada. Que isso custe a minha vida’


Durante seu discurso na cerimônia de abertura do Encontro Nacional do Agro, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre a importância de os cidadãos não se omitirem na construção de um país melhor. O presidente disse: “É uma missão que a gente tem. Eu peço mais que sabedoria para Deus. Peço força para resistir e coragem para desistir. Não nos têm faltado. Sou o chefe da Nação e não vou chegar a 2023 ou 2024 e falar: ‘O que não fiz lá atrás para o Brasil chegar a essa situação?’. Que isso custe a minha vida. Nós somos a maioria, nós somos pessoas de bem, nós, de verdade, trabalhamos. Vamos perder para narrativas, para três ou quatro que assumiram cargos e se acham deuses?”

O presidente relembrou um discurso anterior, feito a banqueiros: “Na FEBRABAN, comecei falando: ‘Quanto mais poderoso e rico é um homem, mais está distante de Deus, ele acha que é imortal’. Todos nós vamos ter um ponto final. Se não enterrar, o urubu irá comer. Paulo Guedes me surpreendeu e falou que todos nós somos formados de moléculas. Algo nos transforma no que somos aqui. Quando a gente morre, qual o currículo dessa alma quando chegar lá em cima, no Céu? O currículo é o que você fez na Terra, suas ações, mas também as suas omissões. Um cara, lá atrás, lavou as suas mãos. Olha quem morreu. Omissão, se você pode fazer alguma coisa e não faz, você não é um ser humano”.

Em seguida, o chefe de Estado ouviu uma mensagem de apoio de uma senhora presente na plateia e foi intensamente aplaudido. O mandatário prosseguiu: “É uma missão. Quantos de vocês passam por momentos como esse? Não deixem passar a oportunidade de agir, se exponham, falem. Nossa geração não pode ser lembrada, lá na frente, como a geração que teve a chance de fazer ou não fez, se acovardou para duas ou três pessoas que não tiveram qualquer mérito para chegar aonde chegaram”.

O presidente pediu que os cidadãos comparem a situação do Brasil com a de países vizinhos e observem os riscos. Bolsonaro disse: “Olhem o que outros países estão fazendo no tocante à propriedade privada. Ampliamos o direito à legítima defesa, a posse para todo o perímetro da sociedade. Povo armado jamais será escravizado. Isso também está na Bíblia: ‘vendam suas capas e comprem espadas’. Nós não somos cordeiros. Não queremos ser lobos, também, mas jamais seremos cordeiros. Nossa liberdade é sagrada e ela não tem limites. O problema do Brasil é ‘fake news’ agora? (...). Somos uma grande nação. Lá fora, o pessoal adora o Brasil. Obviamente, não é porque somos um povo bonito, apenas. É porque têm interesses. Recebi a presidente da Organização Mundial do Comércio. Ela declarou, fora do Brasil: ‘Sem o Brasil, o mundo passa fome’. A segurança alimentar, qualquer chefe de Estado busca. Mais de um bilhão de pessoas ao redor do mundo dependem de vocês”.

A liberdade, no Brasil, assim como a propriedade privada, já foi suprimida para alguns setores da população, em consequência do ativismo judicial de alguns membros do Judiciário. A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo dos ministros do STF Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. O confisco da renda, que vem sendo mantido pela atual corregedor, Mauro Campbell Marques,  atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator. Há mais de treze meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...