quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Multidão grita em defesa da prisão da Lula, Bolsonaro faz pronunciamento e convoca para 7 de setembro


O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma impressionante multidão que lotou a praça da Liberdade, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O presidente afirmou: “sabemos a responsabilidade de bem escolher os nossos candidatos”, apontando que o povo mostrou que quer a defesa da família, o orgulho dos nossos símbolos, a liberdade de religião e de expressão. 

Bolsonaro apontou a qualidade de seus ministros, afirmando que não foram escolhidos por pressões políticas, e lembrou que seu candidato a vice-presidente é de Minas Gerais. Bolsonaro disse: “o general Braga Netto é filho da terra. É homem daqui, qualificado e preparado para me substituir nos momentos de ausência do poder”.

O presidente falou ainda da importância de escolher bons nomes para a Câmara, o Senado e as Assembleias Legislativas. Ele lembrou: “mesmo com dificuldades que o mundo todo enfrentou como a pandemia, com uma seca, com uma guerra lá fora, mesmo assim o Brasil foi pra frente”. O presidente mencionou os bons números da economia e disse: “cada vez mais, damos esperança para a nossa população”. Bolsonaro mencionou a redução do preço dos combustíveis, o auxílio Brasil, a água para o nordeste e a pujança do agronegócio, com a garantia da segurança alimentar. O presidente disse: “o Brasil não é mais o país do futuro, é o país do presente. Um país que se orgulha das cores da nossa bandeira”.

Quando o presidente começava a concluir o seu discurso, a multidão passou a interagir, gritando “eu vim de graça”. Bolsonaro apontou que seu governo é diferente dos governos petistas, dizendo: “o Brasil vem experimentando um governo completamente diferente daqueles que assaltaram nossa pátria por décadas”, e o povo respondeu pedindo a prisão de Lula, aos gritos de “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão”. 

Quando o presidente mencionou a sabatina em que os apresentadores da rede Globo, William Bonner e Renata Vasconcelos, não o deixaram falar, a multidão gritou longamente: “Globo lixo”. O presidente convidou para as comemorações de 7 de setembro, lembrando o bicentenário da independência do Brasil. 

Bolsonaro pediu: “vamos acreditar no Brasil. Aqui tem tudo para dar certo. E vocês começaram a experimentar o que é administrar um país de forma honesta e competente”. A multidão respondeu cantando “sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”. 

No Brasil, a pretexto de combater a pandemia, até mesmo a liberdade religiosa foi restringida, juntamente com as liberdades de expressão, de imprensa, de ir e vir, e de trabalhar, entre outras. Para um grupo de cidadãos, direitos e garantias fundamentais estão suspensos: há prisões políticas, censura, apreensão e confisco de bens, sem o devido processo legal. 

A renda de jornais, sites e canais conservadores, entre eles a Folha Política, está sendo confiscada desde 1º de julho de 2021, a mando do ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Felipe Salomão, para inviabilizar o jornalismo conservador independente. Há mais de 13 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a impedir o fechamento do jornal, doe qualquer valor pelo Pix, usando o código ajude@folhapolitica.org ou o QR code visível na tela. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição do vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura dos fatos da política brasileira e dá voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...