sexta-feira, 23 de setembro de 2022

Bolsonaro coloca Alckmin contra a parede, perde a paciência com Lula e aponta ‘jogo sujo’ do establishment


Após o evento Mulheres pelo Brasil, em Contagem, Minas Gerais, o presidente Jair Bolsonaro falou com repórteres da velha imprensa e transmitiu a entrevista por suas redes sociais. O presidente disse: “não tem terra melhor do que essa. Agora, sempre foi pessimamente administrado, o nosso Brasil. Sempre tivemos aqui saqueadores. Vocês lembram: os ministérios eram repartidos entre grupos políticos. Estatais e bancos, também. Em troca disso, apoio no parlamento. Não fizemos isso. Estamos há 3 anos e 8 meses sem corrupção”.

O presidente comparou e ironizou as supostas denúncias relacionadas a membros de seu governo. Bolsonaro disse: “Umas denúncias que parecem traques, que não chegam a lugar nenhum. O tempo todo batendo na mesma tecla, aquela CPI que foi uma palhaçada. Afinal de contas, 7 palhaços do outro lado, entre eles Omar Aziz, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues. Ia esperar o quê? Não acharam nada, porque não tem o que achar”.

O presidente questionou: “E agora? O que esses caras querem? Querem voltar à cena do crime, como muito bem dito pelo Alckmin? O Alckmin, um católico de carteirinha, de repente, põe o boné do MST na cabeça, cantando a Internacional Socialista. Vale tudo pelo poder? Esses crápulas querem voltar ao poder. Como? Assinando cartinha pela democracia sem respeitar a Constituição? Que cartinha é essa assinada por pessoas que defendem ditaduras fora do Brasil? É isso que nós queremos?”.

O presidente lembrou que a mesma CPI se recusou a investigar os desvios dos recursos federais enviados a governadores e prefeitos, pelo consórcio nordeste. Ele disse: “nordestinos morreram por falta de ar, com roubalheira de 9 governadores do nordeste, e não apurou esse desvio de 50 milhões e ainda vimos Renan Calheiros e mais outra senadora dizendo “esta comissão não vai apurar desvios de recursos…” está fazendo o que lá? proselitismo? palhaçada? tentar desgastar o governo? Estão com saudade da grande harmonia que existia no Brasil: todos roubavam em plena concordância. Acabou!”. 

Bolsonaro fez duras críticas ao ex-presidente Lula, rebatendo narrativas e ofensas que Lula vem proferindo. O presidente lembrou que, nos governos petistas, as obras só eram começadas e nunca acabadas, e o dinheiro do BNDES, dos contribuintes brasileiros, financiou o metrô de Caracas e também ditaduras na América do Sul. 

No contexto atual do Brasil, muitas pessoas estão sendo tratadas como sub-cidadãos, pelo simples motivo de terem manifestado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por expressarem suas opiniões, são alvo de CPIs, de inquéritos secretos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, ou são vítimas de medidas arbitrárias como prisões políticas, apreensão de bens, e exposição indevida de dados, entre outras. 

A totalidade da renda da Folha Política, assim como de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, com o apoio e aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 14 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a continuar nosso trabalho, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou com o código ajude@folhapolitica.org. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando os eventos da política brasileira e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer manter invisíveis. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...