quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Bolsonaro mostra imagens aterradoras de perseguição a freiras na Nicarágua, reage ao ditador Ortega e oferece ajuda a refugiados


O presidente Jair Bolsonaro reforçou, pelas redes sociais, a oferta de refúgio aos perseguidos religiosos da Nicarágua que já havia feito durante a Assembleia-Geral da ONU. O presidente publicou um vídeo da expulsão de freiras do país e afirmou: 

O Brasil não assistirá de braços cruzados a mais um episódio dessa perseguição diabólica contra cristãos promovida pela ditadura socialista da Nicarágua. Estamos prontos para acolher padres e freiras perseguidos, facilitando ainda mais seu ingresso e instalação em nosso país.

- A situação na Nicarágua é trágica e revoltante. Rádios estão sendo fechadas, bispos católicos estão sendo presos e freiras da ordem de Madre Teresa de Calcutá foram expulsas do país. São cenas tristes, mas que alguns, por afinidade ideológica, preferem virar as costas e ignorar.

- Assim como temos feito ao receber ucranianos, venezuelanos, haitianos e cristãos do Afeganistão, ofereceremos asilo aos que hoje são atacados pelo ditador Daniel Ortega, na certeza de que todos serão recebidos pelo Brasil e pelo nosso povo com a dignidade e o apoio que merecem.

- O que ocorre hoje na Nicarágua liga um alerta para o mundo sobre a iminência de abusos ainda mais graves e desumanos, afinal de contas, se nem as igrejas, cujo trabalho religioso e social são fonte de dignidade para as pessoas, estão sendo respeitadas, quem estará imune a isso?

- Por isso, como líder máximo do Brasil, país que sempre defendeu e promoveu a liberdade religiosa e que se orgulha de sua formação cristã, me sinto obrigado a denunciar essa perseguição diabólica. Não só pelo que representa hoje, mas pelo que pode representar num futuro próximo.

Na Assembleia Geral da ONU, Bolsonaro havia dito: 

“Senhor presidente, tenho sido um defensor incondicional da liberdade de expressão.

Além disso, no meu governo, o Brasil tem trabalhado para trazer o direito à liberdade de religião para o centro da agenda internacional de direitos humanos. É essencial garantir que todos tenham o direito de professar e praticar livremente sua orientação religiosa, sem discriminação. Quero aqui anunciar que o Brasil abre suas portas para acolher os padres e freiras católicos que têm sofrido cruel perseguição do regime ditatorial da Nicarágua. O Brasil repudia a perseguição religiosa em qualquer lugar do mundo”.

Com o pretexto da pandemia, a liberdade de culto foi duramente restringida no Brasil, assim como diversas outras liberdades, em especial a liberdade de expressão, que é a base de qualquer democracia. As pessoas viram seus direitos de ir e vir, de trabalhar, de se expressar, de se informar, e de se manifestar, entre outros, serem suprimidos.  Cidadãos e empresas são perseguidos em inquéritos secretos e sofrem com medidas abusivas como prisões, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais, e até mesmo confisco de propriedade. 

A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo dos ministros do STF Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator, em evidente censura direcionada a pessoas e empresas específicas. Há mais de 14 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...