sexta-feira, 2 de setembro de 2022

Bolsonaro se pronuncia para multidão no RS e proclama: 'Povo armado jamais será escravizado'


O presidente Jair Bolsonaro discursou durante a cerimônia de abertura da Expointer, uma das maiores feiras agropecuárias do Brasil, no Rio Grande do Sul. Bolsonaro relatou esforços do seu governo para ajudar o setor do agronegócio, lembrando que o papel do governo é não atrapalhar quem quer produzir. O presidente lembrou a posse estendida de armas para o homem do campo, afirmando que “povo armado jamais será escravizado”, e também a titulação de terras, que superou em muito os números dos governos petistas. 

O presidente apontou, que apenas neste ano, seu governo entregou mais títulos do que nos 16 anos de governos petistas e afirmou que o povo brasileiro não aceitará a volta da roubalheira. Bolsonaro defendeu a família e a liberdade religiosa, e disse: “estamos juntos para o que der e vier”. Após o discurso, o presidente foi cumprimentado por uma multidão, e ouviu gritos de “o agro está contigo”. 

O ataque a cidadãos e empresas privadas, desrespeitando direitos e garantias fundamentais, tem se tornado cada vez mais comum, em CPIs e também nas altas cortes do País. Sem justificativa jurídica, o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, decidiu confiscar a renda de sites e canais conservadores, para destruir empresas privadas das quais discorda. A decisão, que incluiu a Folha Política, confisca todos os rendimentos da empresa, e teve o apoio e aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 14 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica. “Marcar” pessoas e fechar empresas por motivações políticas são atitudes que já foram observadas na História, nunca em democracias. 

Se você apoia a Folha Política e pode ajudar a evitar que a empresa seja fechada por falta de recursos para manter seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe qualquer valor através do Pix, utilizando o QR Code visível na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...