sábado, 17 de setembro de 2022

Na terra de Lula, povo grita ‘a nossa bandeira jamais será vermelha’ em discurso de Bolsonaro


Em um discurso em Caruaru, em Pernambuco, estado natal do ex-presidente Lula, o presidente Jair Bolsonaro falou a uma multidão e apontou que o seu governo terminou as obras que eram só prometidas pelos governos petistas. Bolsonaro apontou que, quando o governador local obrigou a todos a ficarem em casa, passando dificuldades, o governo federal criou o auxílio emergencial. Quando Bolsonaro dizia que o “outro lado” só pensa no povo na hora de pedir votos, a multidão gritou: “a nossa bandeira jamais será vermelha”. 

A Constituição Federal determina, em seu art. 5º, inciso LIV, que “ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal”. No entanto, o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, mandou confiscar, em decisão monocrática em inquérito administrativo, a renda de canais e sites conservadores, como de Bárbara, do canal Te Atualizei, e da Folha Política. 

A decisão do ministro, que recebeu o respaldo e o apoio de Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin, confisca toda a renda dos canais, sem qualquer distinção segundo o tipo de conteúdo, o tema, a época de publicação ou qualquer outro critério. Há mais de 14 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal funcionando, doe através do QR Code que aparece na tela, ou utilizando o código Pix ajude@folhapolitica.org. Caso não use Pix, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...