terça-feira, 13 de setembro de 2022

Senador Lasier Martins alerta para riscos ao Brasil com retorno de Lula: ‘Só falta isso para termos uma republiqueta bananeira’


Em uma transmissão ao vivo, o senador Lasier Martins explicou questões relativas aos processos do ex-presidente Lula, explicando que todos os dias é questionado por que Lula foi solto e está concorrendo à presidência. O senador explicou, inicialmente, a diferença entre absolvição por inocência e a chamada “descondenação”, que foi o que aconteceu com Lula. 

Lasier explicou que Lula foi condenado em três instâncias e depois foi “descondenado” pelo Supremo Tribunal Federal, que criou um entendimento que contrariou diversos entendimentos anteriores da própria Corte, já que a competência para julgar os feitos já havia sido questionada inúmeras vezes. Lasier questionou: “por que o Supremo não interrompeu o processo bem antes?”.

Lasier Martins lembrou os escândalos de corrupção, acompanhados por todos os brasileiros, e disse: “Estão soltos todos os que participaram dessa grande bandalheira financeira que causou tantos prejuízos para o Brasil. Isso aconteceu porque o Supremo entendeu que não havia conexão entre os crimes”. O senador explicou ainda que, quando os processos de Lula foram transferidos para a Justiça Federal em Brasília, o ex-presidente foi beneficiado com a prescrição em vários dos processos. 

O senador lembrou os prejuízos que Lula causou ao Brasil, à Petrobras e ao BNDES, e disse: “e, no entanto, tudo fica por isso mesmo e ainda corremos o sério risco de ver esse elemento presidente da República. Só falta acontecer isso para termos uma republiqueta bananeira”. 

No contexto atual do Brasil, muitas pessoas estão sendo tratadas como sub-cidadãos, pelo simples motivo de terem manifestado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por expressarem suas opiniões, são alvo de CPIs, de inquéritos secretos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, ou são vítimas de medidas arbitrárias como prisões políticas, apreensão de bens, e exposição indevida de dados, entre outras. 

A totalidade da renda da Folha Política,assim como de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, com o apoio e aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 14 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a continuar nosso trabalho, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou com o código ajude@folhapolitica.org. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando os eventos da política brasileira e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer manter invisíveis. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...