terça-feira, 18 de outubro de 2022

Bolsonaro desmoraliza Lula em São Gonçalo: ‘‘Sempre foi um grande ladrão. Mentiras não conduzem a nada, a não ser à desgraça’


O presidente Jair Bolsonaro discursou a uma impressionante multidão na cidade de São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro. Bolsonaro pediu que comparassem sua gestão às dos governos petistas, e disse: “Quando se fala em gestão… gestão é para nós. Ele foi sempre um grande ladrão”. 

Bolsonaro explicou que, apesar da pandemia e de outras crises, a economia do Brasil vai muito bem. O presidente disse: “A esperança voltou a renascer em nosso meio. Hoje se orgulha de andar com a bandeira do Brasil em qualquer lugar da nossa pátria. Há pouco tempo, essa cambada da esquerda só se lembrava da nossa bandeira para tocar fogo nela, para pisoteá-la, ou para rasgá-la. Hoje é diferente. Se ama de verdade a nossa bandeira. O Brasil, cada vez mais, se coloca em um local de destaque no mundo”. 

O presidente mencionou que o novo parlamento eleito é muito mais de centro e direita, e enfatizou como isso poderá ajudar em um segundo mandato. Ele disse: “está tudo pronto. Nesse casamento do Legislativo com o Executivo, nós aprovamos coisas de interesse da nossa pátria. Nós devemos lealdade a vocês, povo brasileiro. Tenho a certeza de que ganharemos a reeleição, com o apoio de vocês. E continuaremos no rumo do progresso e da prosperidade”. 

Bolsonaro ironizou as promessas vazias feitas por líderes de esquerda e afirmou: “Fernandez, que visitou Lula na cadeia em Curitiba, prometia churrasco para o seu povo. Hoje não tem mais carne para o povo na Argentina. Promessas, mentiras, não conduzem a lugar nenhum, a não ser à desgraça. Não queremos isso para o nosso Brasil. O que nós queremos e faremos juntos é ter, cada vez mais, um povo livre e independente. Um Brasil cada vez mais melhor na sua economia. Não queremos a volta da corrupção e da desonestidade; queremos honestidade, paz e progresso. E isso vocês estão tendo no nosso governo. E deixo claro: isso não é virtude, é obrigação de qualquer político brasileiro”.

Muitos brasileiros estão vivendo sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 15 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...