sábado, 8 de outubro de 2022

Bolsonaro mostra vídeos impactantes de participação no Círio Fluvial de Nossa Senhora de Nazaré


O presidente Jair Bolsonaro divulgou imagens do Círio Fluvial de Nazaré, em Belém do Pará. O presidente mostrou o momento em que a imagem de Nossa Senhora foi levada a bordo de seu barco, assim como imagens dos fiéis que participavam do Círio em barcos e jet skis, e que saudaram o presidente. 

Segundo a Agência Brasil: 

“A edição de 2022 do Círio de Nazaré representa o retorno deste festejo que reúne milhões de pessoas às ruas de Belém (PA). A festividade abrange diversos eventos ao logo de todo o mês de outubro, com procissões, trasladações, arraiais, romarias, missas, vigílias. O encerramento será no dia 23, na Casa de Plácido.

O Círio é uma “grandiosa manifestação de fé e devoção à Nossa Senhora de Nazaré”, realizada há mais de 200 anos. A festividade é reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Segundo os organizadores, “a história do Círio começa em 1700 com o achado da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré pelo Caboclo Plácido, às margens de um riacho localizado próximo de onde, hoje, se ergue a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré”.

Com o tempo, a devoção à Virgem aumentou até que, em 1793, foi organizada a primeira procissão em homenagem à padroeira dos paraenses. “Desde então, o Círio acontece anualmente, reunindo sempre um número maior de fiéis”.

Em anos pré-pandemia, o evento chegou a reunir mais de 2 milhões de pessoas, entre moradores da capital, de outros municípios paraenses, de outros estados e estrangeiros.

Devido à covid-19, em 2020 os fiéis não puderam acompanhar presencialmente às procissões transmitidas virtualmente. Já em 2021, com o avanço da vacinação, o público começou a retornar gradualmente, mas ainda ficou muito aquém do habitual, reunindo pouco mais de 400 mil pessoas.

A Secretaria estadual de Turismo (Setur) e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA) preveem que só a presença destes fiéis na cidade movimentará em torno de US$ 19,1 milhões (cerca de R$ 98,3 milhões)”.

Com o pretexto da pandemia, a liberdade de culto foi duramente restringida no Brasil, assim como diversas outras liberdades, em especial a liberdade de expressão, que é a base de qualquer democracia. As pessoas viram seus direitos de ir e vir, de trabalhar, de se expressar, de se informar, e de se manifestar, entre outros, serem suprimidos.  Cidadãos e empresas são perseguidos em inquéritos secretos e sofrem com medidas abusivas como prisões, buscas e apreensões, censura, bloqueio de redes sociais, e até mesmo confisco de propriedade. 

A renda da Folha Política e de outros sites e canais conservadores está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, com o apoio e respaldo dos ministros do STF Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. O confisco da renda atinge todos os vídeos produzidos pelo jornal, independente de tema, data, ou qualquer outro fator, em evidente censura direcionada a pessoas e empresas específicas. Há mais de 15 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a manter o jornal, doe qualquer valor utilizando o QR Code que está visível na tela, ou use o código Pix ajude@folhapolitica.org Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Com a sua ajuda, a Folha Política poderá se manter firme e continuar o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...