sábado, 22 de outubro de 2022

Neymar Jr. faz depoimento impactante sobre Bolsonaro e atesta: ‘Vai me deixar mais forte, mais patriota. Tenho muito orgulho’


O jogador Neymar Jr. participou de uma transmissão ao vivo com o presidente Jair Bolsonaro, quando rebateu críticas por ter manifestado seu apoio à reeleição do presidente. Neymar conversou sobre as expectativas para a Copa do mundo e afirmou: “seria perfeito: Bolsonaro reeleito, Brasil campeão e todo mundo feliz”. 

O jogador explicou que decidiu expor seu posicionamento porque compartilha os valores defendidos pelo presidente Bolsonaro, assim como sua família. Neymar afirmou aos espectadores que todos devem se sentir livres para se posicionar e expressar seus valores. Sobre os ataques que recebeu, o jogador disse: “tenho costas largas. Desde pequeno, sempre carreguei muita pressão, meu nome ligado a muitas polêmicas. E não é mais uma que vai me deixar mais forte ou mais fraco. Na verdade, vai me deixar mais forte. Mais patriota, vamos dizer. Então, eu tenho muito orgulho de estar fazendo isso”.

Neymar deu um testemunho de gratidão ao presidente. Ele disse: “Eu me posicionei, primeiramente, nunca falei isso em lugar nenhum. Eu queria agradecer ao presidente, que, no momento mais difícil da minha vida, o presidente foi o primeiro a se posicionar publicamente dizendo que estaria do meu lado. Quando eu vi o que estava acontecendo, eu senti no meu coração que deveria retribuir esse mesmo carinho que ele teve comigo sem ao menos me conhecer. A gente nunca tinha se falado, nem se conhecido pessoalmente, e ele botou ali o peito dele na frente, a cara na frente, sendo julgado e tudo. E acreditou em mim. Então, eu estou fazendo o mesmo. Eu acredito no presidente, acredito que ele é o cara certo para conduzir o Brasil”. 

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 15 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...