terça-feira, 22 de novembro de 2022

Bia Kicis rebate economistas ‘limpinhos’ que apoiaram Lula: ‘não adianta fazer cartinha. Vocês são responsáveis’


Em sua live semanal, a deputada federal Bia Kicis rebateu Lula e os economistas que fizeram campanha por ele e agora buscam se eximir da responsabilidade. A deputada relatou que, no Egito, Lula criticou o teto de gastos e disse: “vai aumentar o dólar, cair a bolsa? Paciência”. Bia Kicis disse: “É isso que ele tem a dizer ao povo brasileiro. Paciência. Que os preços vão disparar, nós vamos entrar em recessão, o dólar vai disparar, a bolsa vai cair, os negócios vão piorar, vai aumentar o desemprego, a inflação, e ele diz o quê? Paciência”.

A deputada lembrou que, no governo Bolsonaro, houve responsabilidade social com respeito à responsabilidade fiscal, e comparou com os governos dos “amigos” de Lula. Ela disse: “os amiguinhos do Lula estão acabando com a economia de seus países e o povo está sofrendo. Aí vem o Bolsonaro com seu governo, faz tudo certinho, e eles não podem admitir e precisam impor a narrativa deles, vem dizer que tem que ter “responsabilidade social”. Tem que ter responsabilidade social mesmo, e o governo Bolsonaro teve responsabilidade social, muita, só que com responsabilidade fiscal”.

Bia Kicis questionou os economistas que avalizaram a candidatura de Lula e agora tentam salvar sua reputação. Ela disse: “E aí o povo já está pulando fora, né? Os economistas limpinhos, que faziam cara de nojinho pro Bolsonaro. Todos pulando fora do barco para salvar a biografia. Agora é tarde. Não adianta fazer cartinha pro Lula pra dar liçãozinha de economia, não. Não adianta fazer essas cartinhas, não. São ridículas. Fizeram aquela cartinha pela democracia lá atrás, foi ridícula, e agora querem fazer cartinha de economia pro Lula. O Lula não está nem aí pra vocês, não. Vocês emprestaram seu prestígio para eleger esse cara. Esse cara. E vocês agora fingem surpresa: “ah, ele está falando isso”. Ele sempre falou isso, falou durante toda a campanha. Não tem nenhuma novidade. Vocês é que não quiseram prestar atenção, e agora estão aí, tentando salvar a biografia de vocês. Não vão salvar”.

A deputada disse: “vocês lançaram o brasileiro à própria sorte. Enquanto vocês levam o rico dinheirinho de vocês para aplicar em paraísos fiscais, fora do Brasil, quem vai penar, sofrer, é o povo brasileiro. E vocês são responsáveis por isso, sim. Vocês são responsáveis por isso. Não adianta fazer cara de nojinho pro Bolsonaro e de surpresinha com o Lula. Vocês são responsáveis”.

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 16 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...