quinta-feira, 24 de novembro de 2022

Capitão Wagner apóia CPI do STF e TSE: ‘o ministro se sente acima de todos, até mesmo acima da lei’


Da tribuna da Câmara, o deputado federal Capitão Wagner manifestou apoio à criação da CPI proposta pelo deputado Marcel Van Hattem para investigar abusos cometidos por ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. Capitão Wagner lembrou que, quando o deputado Daniel Silveira foi preso, os parlamentares ficaram indignados mas não tiveram coragem de agir. 

Capitão Wagner afirmou: “A inércia da Câmara dos Deputados com a permissão que foi dada para aquele abuso, naquele momento, foi a grande responsável para chegarmos ao patamar que nós estamos hoje. O Ministro do STF se sente acima de todos, até mesmo acima da lei, praticando uma série de abusos, inclusive a censura prévia e vários outros abusos que foram cometidos”.

O deputado acrescentou: “faço questão de citar o Ministro Alexandre de Moraes como um dos maiores cometedores de abuso da nossa Nação, especialmente no âmbito do STF. Falo isso com a certeza de que a Constituição Federal me dá a garantia de eu vir aqui expressar a minha opinião e me posicionar a favor da abertura da CPI”.

Capitão Wagner lembrou ainda que a Câmara não pode se escorar na inércia e covardia do Senado para repetir as mesmas atitudes. Ele disse: “Espero que dessa vez a Casa tenha a coragem que não teve no ano passado de tomar as providências cabíveis. É muito fácil colocar toda a responsabilidade no Senado e dizer que o Senado é que é responsável por corrigir uma ilegalidade cometida por um Ministro do STF. Mas a Casa também pode e deve apurar esses abusos que estão sendo cometidos nesse momento”. 

O deputado alertou sobre a parcialidade do ministro Alexandre de Moraes e também da própria Câmara, dizendo: “é muito interessante ver um membro desta Casa todo dia divulgar fake news, acusar autoridades, destratar autoridades, e com ele não acontece nada porque ele não é do campo de centro-direita. Um Deputado que diz claramente na rede social que está cometendo fake news, com o objetivo única e exclusivamente de desgastar os adversários, e com ele não acontece exatamente nada. Agora, no campo de centro-direita, seja um Parlamentar, seja um empresário, seja um cidadão comum, seja um pastor evangélico, ou qualquer outro tipo de líder do campo da centro direita, vem o STF, especialmente o Ministro Alexandre de Moraes, rasgando a Constituição na cara de todo mundo e ninguém toma uma providência”.

No dia seguinte, o deputado voltou ao tema, mencionando a decisão do ministro Gilmar Mendes de suspender uma investigação. Ele disse: “É por conta disso que mais uma vez eu afirmo: independentemente de ser de Esquerda ou de Direita, o Congresso tem que tomar uma atitude para frear esse tipo de absurdo que acontece nos Tribunais Superiores do nosso País”. 

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 16 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...