sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Deputado afirma que até a esquerda está assustada com propostas econômicas de Lula: ‘têm um líder irresponsável, inconsequente e completamente despreparado’


Da tribuna da Câmara, o deputado Evair Vieira de Melo protestou contra propostas de Lula, alertando sobre as ameaças aos brasileiros que já vêm sendo feitas, antes mesmo da posse. O deputado alertou sobre a volta do imposto sindical, para financiar sindicatos. Ele disse: “Antes da aprovação da reforma trabalhista, essas máfias, esses sindicatos, essas centrais sindicais, essas federações e essas confederações arrecadavam mais de 3 bilhões por ano com contribuição compulsória, descontada na folha dos nossos trabalhadores. Pois bem, o Barrabás agora já está apresentando novamente a tese dele e quer voltar com o imposto sindical, tirando mais de 4 bilhões de reais do bolso dos nossos trabalhadores para alimentar sindicatos e, assim, continuar alimentando as suas corporações, as suas máfias”. Ele alertou: “trabalhador do Brasil, é do seu bolso que ele quer tirar esse dinheiro!”.

O deputado alertou ainda sobre as políticas econômicas propostas pela equipe de Lula, assim como sobre o deboche de Lula para com a população no que tange à responsabilidade fiscal. Evair Vieira de Melo avisou que até a base de apoio de Lula está assustada com as propostas: “Vejam que a própria base nesta Casa está meio assustada. De vez em quando, aparece algum que o defende, algum que faz uma manifestação, mas eles sabem que o que está ruim vai piorar muito mais, porque têm um líder irresponsável, inconsequente e completamente despreparado para gerenciar o País, tanto que está omisso. Colocou lá o seu poste, o vulgo "Chuchu", aquele que não tem gosto de nada, não tem opinião de nada, ninguém entende o que ele fala, ninguém sabe o que ele fala. As palavras dele, como já disse, são, na expressão popular, de bêbado para o delegado: não fala coisa com coisa, não explica nada, não tem conteúdo, não dá nenhuma orientação, está completamente mal arrumado nas suas falas, porque tem outros "Barrabás" atrás dele, e ele tem que fazer papel de bom moço. Portanto, esse tal de Lula vai conseguir atrapalhar tudo o que nós construímos no País”. 

O deputado afirmou: “quero deixar registrada aqui mais uma vez a vergonha, essa pária que já começa a aparecer, sim, para o mundo; esse mentiroso que é o Sr. Lula, que, além de desestabilizar a economia, mente para o País, mente para o mundo, mente para a própria base, envergonhando até os seus correligionários que estão com muita cautela para fazer as manifestações que seriam em defesa desse próximo Governo”.

A ditadura da toga segue firme. O Brasil tem hoje presos políticos e jornais, parlamentares e influenciadores censurados. A Folha Política tem toda sua receita gerada desde 1º de julho de 2021 confiscada por uma ‘canetada’ do ministro Luis Felipe Salomão, ex-corregedor do TSE, com o aplauso e o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Além disso, todas as receitas futuras do jornal obtidas por meio do Youtube estão previamente bloqueadas. Há mais de 16 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. 

Anteriormente, a Folha Política teve sua sede invadida e TODOS os seus equipamentos apreendidos, a mando do ministro Alexandre de Moraes. Mesmo assim, a equipe continuou trabalhando como sempre, de domingo a domingo, dia ou noite, para trazer informação sobre os três poderes e romper a espiral do silêncio imposta pela velha imprensa, levando informação de qualidade para todos os cidadãos e defendendo os valores, as pessoas e os fatos excluídos pelo mainstream, como o conservadorismo e as propostas de cidadãos e políticos de direita.

Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar a evitar que o jornal seja fechado pela ausência de recursos para manter sua estrutura, cumprir seus compromissos financeiros e pagar seus colaboradores, doe por meio do PIX cujo QR Code está visível na tela ou por meio do código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

A Folha Política atua quebrando barreiras do monopólio da informação há 10 anos e, com a sua ajuda, poderá se manter firme e continuar a exercer o seu trabalho. PIX: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...