quinta-feira, 3 de novembro de 2022

Deputado Diego Garcia se pronuncia sobre censura, manifestações pacíficas e CPI na Câmara


O deputado federal Diego Garcia, em transmissão ao vivo por suas redes sociais, defendeu o direito de manifestação e alertou para que não haja bloqueio de rodovias.  O deputado afirmou: “a população vai continuar, de forma pacífica, se posicionando, e esse posicionamento se dá devido a todas as coisas que aconteceram durante o processo eleitoral e até antes do processo”. 

O deputado lembrou que Lula teve suas condenações suspensas, o que revoltou a população, e a isso se somou a intensa censura que vem afetando os conservadores. O deputado disse: “Essa censura, tudo indica que ela deve continuar, e acredito que a população vai às ruas também por conta disso, por conta da censura, por conta de não podermos manifestar nossa opinião, nosso pensamento, nossas ideias”. O deputado acrescentou: “é triste ver, nesse momento, que os veículos de comunicação não dão uma notícia sequer sobre as manifestações que estão acontecendo”. Ele disse: “É o povo que exerce o seu direito previsto na Constituição Federal, de se manifestar de forma pacífica. Eu acredito que elas continuarão acontecendo. Isso demonstra a força que o povo tem”. 

Diego Garcia relatou que faltam 92 assinaturas no requerimento para a instalação de uma CPI que possa investigar denúncias de irregularidades na divulgação da campanha do presidente Bolsonaro, e disse: “se a CPI estivesse instalada, nós já estaríamos exercendo nosso papel dentro da Câmara, de investigar e trazer a verdade para a população. Enquanto isso não acontece, não tenho dúvida de que as pessoas continuarão manifestando seu pensamento, indo às ruas e protestando de forma pacífica. Esse é um direito que não pode ser retirado da população brasileira, não pode ser retirado do cidadão brasileiro. E espero que não seja”. 

Muitos brasileiros estão vivendo sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 16 meses, toda a renda do nosso trabalho é retida sem qualquer justificativa jurídica.

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem enfrentando a espiral do silêncio imposta pelo cartel midiático que quer controlar a informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...