quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Deputado Luiz Lima explica o ‘perdeu, mané’ de Barroso: ‘O malandro venceu. A quadrilha


Da tribuna da Câmara, o deputado federal Luiz Lima lamentou a linguagem utilizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Luis Roberto Barroso, que ofendeu um manifestante em Nova York. Luiz Lima disse: “Na semana passada, nós não tivemos sessão, e eu não pude manifestar o meu repúdio a uma das frases mais esdrúxulas que já escutamos de um Ministro do Supremo Tribunal Federal: "Perdeu, mané!" Essa é uma linguagem de bandido no Rio de Janeiro”.

O deputado afirmou que, quando vê o ministro Alexandre de Moraes se hospedando no Copacabana Palace, pensa no ambiente dominado pelo crime do Rio de Janeiro. Ele comparou o tratamento dado a manifestantes e a criminosos, e disse: “O "Perdeu, mané!" está aí: Casa Civil, Gleisi Hoffmann; Fazenda, Haddad; Cidadania, Boulos; Reforma Agrária, Jose Stédile; Justiça, Flávio Dino; Defesa, Aldo Rebelo; Previdência, Paulinho da Força; e, Presidente da República, um condenado em terceira instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro”.

Luiz Lima disse: “Definitivamente, o Ministro Luís Roberto Barroso está certo: "Perdeu, mané!" O malandro venceu. A quadrilha voltou, mas não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe”. 

Muitos brasileiros estão vivendo sob o jugo de uma ditadura, em que seus direitos e garantias fundamentais estão sendo desrespeitados. O país tem presos políticos e pessoas, jornais e sites censurados. A totalidade da renda da Folha Política, e também de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ministro Luís Felipe Salomão, ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, em uma decisão que recebeu o respaldo dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 16 meses, os rendimentos de jornais, canais e sites conservadores são retidos sem previsão legal. 

Se você apoia o trabalho da Folha Política, que há 10 anos mostra os fatos da política brasileira, e pode ajudar o jornal a permanecer em funcionamento, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que aparece na tela ou o código ajude@folhapolitica.org.  Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando para você os fatos da política brasileira, fazendo a cobertura dos três poderes, e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer calar. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...