terça-feira, 1 de novembro de 2022

Deputado Marcel van Hattem comenta pronunciamento de Bolsonaro e convoca oposição a Lula pela liberdade e contra a tirania


Em pronunciamento ao vivo, o deputado federal Marcel van Hattem comentou a primeira declaração do presidente Jair Bolsonaro após Lula ser declarado o presidente eleito, abordou os riscos ao Estado de Direito e as máculas infligidas contra a democracia e a liberdade no Brasil, além de convocar os cidadãos a se unirem em uma ampla frente de oposição democrática, no Congresso e na sociedade, ao governo Lula.

O parlamentar sintetizou: “O essencial: o presidente Jair Bolsonaro pediu para acalmarmos os ânimos. A mesma coisa que falei na Câmara dos Deputados: os métodos violentos, impedir o direito de ir e vir das pessoas, são métodos da esquerda. O próprio presidente Bolsonaro faz uma manifestação no sentido de que devem cessar manifestações que impedem o direito de ir e vir das pessoas”.

Dessa maneira, ele frisou: “Depois de ele sair, Ciro Nogueira, seu chefe da Casa Civil, também anunciou que está iniciada a transição para o governo futuro, de Lula e do PT, que terá a minha total oposição. Bolsonaro tem muita razão, e nós sabemos disso, ao citar a indignação das pessoas, não apenas com o resultado, mas com o processo todo. Foi, de fato, muito injusto. Denunciei várias vezes a parcialidade do STF e do TSE, o fato de terem liberado Lula, que deveria estar na cadeia, para concorrer. Além de agirem de forma partidária, dando vantagem para a candidatura de Lula em relação à de Bolsonaro”

No ensejo, o parlamentar assinalou a importância do respeito à Constituição e da defesa da liberdade de todos os cidadãos contra o arbítrio, a tirania e a censura: “O presidente Bolsonaro menciona a importância do Congresso, e me incluo nisso. A importância de a direita se posicionar firmemente contra o PT e contra Lula nesse período todo. A população continuar se manifestando sempre pacificamente. O governo Lula será muito diferente do que foi lá atrás. Pela primeira vez, vai ter uma oposição de verdade na Câmara, no Senado e na sociedade brasileira. Também falou da importância de jogar dentro das 4 linhas da Constituição e de como ele foi chamado de antidemocrático enquanto outros poderes o fizeram. Lula e o PT sempre atentaram contra a Constituição. Lula nem assinou a Constituição, não votou favoravelmente. Ele lembrou que nunca quis censurar a mídia, os meios de comunicação. Teremos de evitar ao máximo que aconteça. Já tem acontecido por obra do TSE e do STF por obra dos inquéritos ‘fakes’ nos últimos meses e, até mesmo, anos. O PL das Fake News foi barrado e, certamente, virão outras iniciativas (...). Vamos fazer de tudo para que o Brasil não regrida nos próximos quatro anos. Que o nosso direito de manifestação e expressão seja garantido, sempre pacificamente”.

No contexto atual do Brasil, muitas pessoas estão sendo tratadas como sub-cidadãos, pelo simples motivo de terem manifestado apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Por expressarem suas opiniões, são alvo de CPIs, de inquéritos secretos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes no Supremo Tribunal Federal, ou são vítimas de medidas arbitrárias como prisões políticas, apreensão de bens, e exposição indevida de dados, entre outras. 

A totalidade da renda da Folha Política, assim como de outros canais e sites conservadores, está sendo confiscada a mando do ex-corregedor do TSE, Luís Felipe Salomão, com o apoio e aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 16 meses, todos os rendimentos do jornal estão sendo retidos sem justificativa jurídica. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode nos ajudar a continuar nosso trabalho, doe qualquer valor através do Pix, usando o QR Code que está visível na tela, ou com o código ajude@folhapolitica.org. Se preferir transferência ou depósito, a conta da empresa Raposo Fernandes está disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo. 

Há 10 anos, a Folha Política vem mostrando os eventos da política brasileira e dando voz a pessoas que o cartel midiático quer manter invisíveis. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...