quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

Capitão Alberto Neto faz grave alerta sobre conluio de STF com Lula: ‘Cavalgando para uma ditadura’


Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, o deputado federal Capitão Alberto Neto fez um grave alerta no que tange aos rumos do país em razão do que entende como um conluio entre o STF e Lula. Consoante o Parlamentar, a “ditadura do Judiciário” pode estar se convertendo em uma ditadura do Executivo, na figura de Lula, com o Poder Judiciário.

O parlamentar explanou: “Nós estamos cavalgando para uma ditadura, uma ditadura que, antes, era do Judiciário, mas parece que, com o novo Governo, está alinhada ao Executivo e ao Supremo Tribunal Federal. A mesma coisa aconteceu na Venezuela, nosso país vizinho, onde o Congresso foi dispensado: a Suprema Corte poderia fazer o papel do Congresso Nacional, com Deputados eleitos pelo povo. Isso está acontecendo neste momento”.

Conforme o congressista, a Suprema Corte está violando a Constituição Federal, causando perplexidade ao povo brasileiro, o qual observa a inação das Casas Legislativas: “A população tem se perguntado para que serve um Deputado Federal, para que serve um Senador da República, se nós temos um Supremo Tribunal Federal que toma todas as decisões ao arrepio da Constituição e contra a harmonia dos Poderes, enfrentando o Congresso Nacional. Isso é um absurdo! Ou o Congresso se levanta contra isso, ou nós vamos ficar cada dia mais apagados e sem função. O Congresso se omite, o Supremo Tribunal atropela e o povo fica revoltado com tanta impunidade neste País. Parece que o crime compensa no Brasil”.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e pessoas que apenas têm um discurso diferente do imposto pelo cartel midiático vêm sendo perseguidos, em especial pelo Judiciário. Além dos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, também o ex-corregedor do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Felipe Salomão, criou seu próprio inquérito administrativo, e ordenou o confisco da renda de sites e canais conservadores, como Bárbara, do canal Te Atualizei, e a Folha Política. Toda a receita gerada pelo nosso jornal desde 1º de julho de 2021 está bloqueada por ordem do TSE, com aplauso dos ministros Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Edson Fachin. Há mais de 17 meses, toda a renda do nosso trabalho vem sendo retida, sem qualquer previsão legal. 

Sem a possibilidade de receber a renda de seu trabalho, o jornal corre o risco de fechar. Se você apoia o trabalho da Folha Política e pode ajudar, use o QR Code que está visível na tela para doar qualquer quantia, ou use o código ajude@folhapolitica.org. Caso não utilize PIX, há a opção de transferência bancária para a conta da empresa Raposo Fernandes disponível na descrição deste vídeo e no comentário fixado no topo.

Há 10 anos, a Folha Política faz a cobertura da política brasileira, mostrando atos, pronunciamentos e eventos dos três poderes, quebrando a espiral do silêncio imposta pelo cartel de mídia que quer o monopólio da informação. Pix: ajude@folhapolitica.org


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...